domingo, 14 de outubro de 2018

PM Rosariense morre em Canoas

Faleceu na madrugada de hoje, no Hospital de Pronto Socorro de Canoas, o soldado rosariense Bruno Rodrigues de Souza, de 34 anos. Ele estava internado desde o dia 27 de setembro, quando sofreu um atentado em uma tentativa de roubo, naquele município da região metropolitana. 
O soldado Rodrigues havia sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo na noite de 27 de setembro, no bairro Nossa Senhoras das Graças. Dois marginais se aproximaram dele e atiraram. O terceiro bandido estava em um carro esperando os comparsas. Rodrigues levou quatro tiros. Ele, ferido ainda correu e foi socorrido em um posto de gasolina. Ele levou tiros incluindo tórax e rosto. Passo por uma primeira cirurgia e reagiu bem para o estancamento de hemorragia. Seguiu internado no Hospital de Canoas, onde ficou na unidade de terapia intensiva. Por volta de 3h30min de hoje acabou falecendo.
O corpo será transladado para Rosário do Sul, de onde era natural. O velório ocorrerá na Funerária Angelus, na Voluntários da Pátria, e o sepultamento estava marcado para às 17h de segunda, 15, no Cemitério São Sebastião.
Conforme nota de falecimento emitida pelo 15º Batalhão de Polícia Montada (15º BPMon) de Canoas, onde o Militar Estadual servia, ele tinha 34 anos e foi incluído na Brigada em 2009, sendo destacado para o 15º no dia 8 de outubro. “ME era casado e pai de dois filhos, uma menina de 09 meses e um menino de 11 anos”, destaca a nota. 
O falecimento de Rodrigues gerou comoção e consternação na comunidade rosariense, bem como em seus colegas do 15º.
Os três criminosos teriam sido identificados e o caso é investigado pela Polícia Civil.