sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Mais de 250 quilos de lixos nas tubulações

Na última semana, uma operação de limpeza e desobstrução nas principais redes de esgotamento sanitário de São Gabriel removeu mais de 250 quilos de lixo das tubulações. O trabalho, realizado pela São Gabriel Saneamento, foi feito com o objetivo de minimizar os transtornos à população causados com o transbordamento das redes nos dias chuvosos.
Durante o trabalho, nas Ruas Barão do Cambay, Barão de São Gabriel, Presidente Vargas, Tristão Pinto e Coronel Sezefredo, foram encontrados diversos resíduos que não deveriam estar na rede de esgoto, como garrafas plásticas, sacolas e até mesmo uma lona preta e um cobertor. O esgoto doméstico deve ser composto apenas por urina, fezes e águas servidas utilizadas na lavagem de roupas, louças e banho.

Conforme o engenheiro ambiental da concessionária, Nilceu Junior Forgiarini, este descarte irregular pode causar inúmeros transtornos para a população: “Além de transbordar nas ruas, dependendo do entupimento, esse esgoto pode retornar para as residências causando problemas e riscos ainda maiores, até mesmo para a saúde das pessoas”, explicou.
Além do lixo, outra irregularidade bastante comum é o descarte de óleo de cozinha pelos ralos das pias. Ao chegar na rede, o óleo endurece e se transforma em “pedra”, ocasionando obstruções. A orientação é para que o óleo, após ser utilizado para frituras, seja armazenado em garrafas pet’s e entregue em um ponto de coleta e reciclagem, como a São Gabriel Saneamento, na Praça Fernando Abbott ou às equipes de coleta seletiva do Projeto Minuano, que também recebe o resíduo na sua sede, na Rua Maurício Cardoso, antigo engenho São Jorge.