quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Rosário do Sul: Gauderiada da Canção Gaúcha deve acontecer na Praia das Areias Brancas

Comissão organizadora se reuniu na quarta-feira
Foto: Luis Armando Gonçalves/Especial
Nesta quarta-feira (28) a comissão organizadora do festival Gauderiada da Canção Gaúcha divulgou, em seu perfil no Facebook, uma carta aberta à comunidade rosariense. Conforme o texto, em 2019, a 37ª edição do festival e 30ª Gauderiada Mirim devem acontecer na Praia das Areias Brancas.
A decisão aconteceu devido à necessidade de corte de gastos. De acordo com a carta, no ano passado, o público não prestigiou o festival como em outras edições apesar de ter seguido o mesmo formato e mantidos os valores de ingressos e alugueis de terrenos. No modelo em que era realizado, o evento tinha um custo de R$ 180.000,00 a R$ 200.000,00. O projeto necessita da aprovação da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) que financia 80% do custo. O restante das despesas é coberto pelos patrocinadores e pela arrecadação da bilheteria.
“Na edição de 2018, porém, parte desta arrecadação viu-se frustrada pela pouca adesão do público, levando a um déficit e o consequente atraso na prestação de contas, culminando com a impossibilidade de aprovação do projeto 2019 em tempo hábil”, diz o texto. Para não interromper a continuidade do festival, optou-se pela realização do evento em um novo formato, buscando a redução de custos.
Conforme um dos membros da comissão organizadora da Gauderiada, Marcos Paulo Silva, a prefeita municipal, Zilase Rossignollo (PTB), já autorizou a realização do festival na praia. A comissão busca, agora, captação de recursos e por isso está recorrendo às empresas do município para o apoio. “O projeto será todo revisado, é uma Gauderiada com o mesmo brilho, mas de forma mais barata”, afirmou. A data de realização do evento ainda não foi informada pela comissão. Com informações do jornal Gazeta de Rosário.