PROCURE UMA NOTÍCIA AQUI:

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Santa Casa: Legislativo se reúne com provedoria para saber sobre assembleia que teria determinado pagamento de salário a provedor

Uma informação tem circulado recentemente nas redes sociais e tem dado o que falar na comunidade. O comentário, trata de uma possível alteração no estatuto da Santa Casa de Caridade, em janeiro deste ano, na qual o provedor passaria a ser remunerado. E mais, que poderiam ser pagos salários retroativos a data de fevereiro de 2018, data em que o atual provedor assumiu na Santa Casa.
O Coluna Ponto de Vista foi informado que hoje, o Presidente do Poder Legislativo, Adão Santana, estará reunido com a Provedoria da Santa Casa para tomar conhecimento desta assembleia e ajudar a esclarecer a comunidade sobre qualquer dúvida que possa ocorrer sobre decisões tomadas pela direção do hospital. 
"A saúde pública em nosso município é uma prioridade para o Poder Legislativo", destacou o vereador Adão Santana.
Quem também se manifestou sobre o assunto em redes sociais, foi o vereador e atual ouvidor da Câmara de Vereadores, Vagner Aloy Rodrigues (Maninho), do PSDB. Para o tucano é legal a remuneração, porém para o momento atual de crise que se encontra os hospitais e a Santa Casa, este não seria o momento.
"Nossos médicos estão recebendo parcelados. Esse mês, por exemplo, receberam a metade do salário. Os funcionários estão com as férias suspensas, até segunda ordem. Sem falar que surge informações que alguns valores serão buscados de forma retroativa pela atual Provedoria. Mais uma vez reitero, não é ilegal, mas pelo momento atual, é imoral", disse Aloy.