BUSCADOR DE NOTÍCIAS:

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Pensão de ex-governadores é um desperdício de dinheiro público, diz Pedro Pereira

Enquanto falta dinheiro para a saúde, educação, segurança, infraestrutura e até mesmo para honrar os pagamentos de salários dos servidores e de fornecedores, cada um, dos nove ex-governadores do Estado recebem mensalmente R$ 30.471,11. Esse valor também é repassado para quatro viúvas de ex-governadores.
Assim se manifestou, o deputado Pedro Pereira (PSDB), que diz que a grave situação financeira do Estado não sensibilizou nenhum dos ex-governadores. “É um desperdício de dinheiro público, pois são gastos aproximadamente R$ 5 milhões ao ano. Eles poderiam abrir mão dessa aposentadoria, mas preferem continuar recebendo e vivendo às custas do povo gaúcho” lamentou Pereira.
O parlamentar tucano informou que solicitou, nessa quarta-feira (06), o desarquivamento do Projeto de Lei 482 2015, de sua autoria, que tem como objetivo revogar a Lei nº 7.285, de 23 de julho de 1979, que dispõe sobre a concessão de subsídios a ex-Governador. “Tenho a esperança que, com a nova composição da Assembleia Legislativa, esse importante projeto tramite rapidamente na Comissão de Constituição e Justiça”, disse.
Veja a lista dos ex-governadores que recebem a pensão especial, além das quatro viúvas: José Ivo Sartori (MDB), Tarso Genro (PT), Yeda Crusius (PSDB), Germano Rigotto (MDB), Olívio Dutra (PT), Antonio Britto (MDB), Alceu Collares (PDT), Pedro Simon (MDB) e Jair Soares (PP).