BUSCADOR DE NOTÍCIAS:

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Prefeitura concentra esforços em combater crise da Santa Casa

Passados exatamente 30 dias da reunião em que o governador Eduardo Leite prometeu aos municípios atingidos pelas chuvas de 09 de janeiro algumas providências especiais, como o repasse de parte dos valores devidos aos hospitais e redes básicas de saúde de São Gabriel, Alegrete e Uruguaiana, sem que tenha havido qualquer pagamento ou mesmo um aceno a respeito, o prefeito Rossano Gonçalves determinou ao seu secretariado um controle enérgico de todas as despesas de governo, para focar prioridade absoluta nos repasses municipais à Santa Casa.
Na reunião, o prefeito explanou a grave situação da Irmandade Santa Casa de Caridade, com serviços ameaçados em função dos atrasos do Governo do Estado, que deve para a instituição cerca de R$ 4 milhões, praticamente o mesmo valor devido pelo governo gaúcho à rede publica da Secretaria Municipal de Saúde, somando um débito de R$ 8 milhões do Estado com as políticas públicas de saúde em São Gabriel. 
O Chefe do Poder Executivo destacou que serão adotadas, através da Secretaria Municipal de Saúde, estratégias para auxiliar a instituição, inclusive como corte de serviços que cabem ao Estado e vinham sendo cobertos pelo Município. “O governo também enfrenta uma situação fiscal dificílima, com atrasos de repasses e perda de receita. Mas a saúde curativa praticada pela Santa Casa é essencial para nossa população, e vamos envidar todos os esforços concentrando nossa energia na busca de uma solução eficaz para nosso hospital”, ressaltou o prefeito Rossano Gonçalves.