PROCURE UMA NOTÍCIA AQUI:

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Três homens são esfaqueados durante briga. Um deles está na UTI

Maicon foi socorrido pelo bombeiros após ser encontrado com lesão de faca e caído em uma rua próximo a Estação Férrea Foto: Jodel Macedo/Especial
Um homem de 28 anos foi esfaqueado durante uma briga no final da madrugada deste sábado (2). A vítima foi identificada como sendo Maicon Silveira Chaves, natural de Encantado e com residência fixa em São Gabriel, na Rua Catuçaba, na Vila Mariana. Maicon foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital de Santa Casa de Caridade. O jovem foi encaminhado para a UTI – Unidade de Terapia Intensiva.Mais dois adolescentes foram agredidos. A briga teria começado após o encerramento de uma festa num clube da cidade. O confronto aconteceu na Travessa dos Ferroviários, no Bairro Boa Vista, próximo a antiga estação ferroviária de São Gabriel.
Conforme a Brigada Militar, Maicon apresentava cortes – provocados por faca – no pescoço e nas costas. As outras duas vítimas também tinham ferimentos causados por armas brancas. Em um adolescente, o corte quase atingiu o pulmão. Ele teve que ficar hospitalizado.
A confronto, mais uma vez, chama atenção para os ataques provocados pelo grupo denominado “Bonde do João de Barro”. Segundo as vítimas, os agressores são integrantes da gangue que atua no Bairro Élbio Vargas e que, nos últimos anos, tem protagonizado alguns dos principais casos de violência (envolvendo confronto com armas brancas).
Dois casos ganharam destaque em dois anos. Em 2016, integrantes do Bonde do João de Barro – incluindo adolescentes – participaram das agressões que causaram a morte do Policial Militar Bento Júnior. Os culpados foram presos ou apreendidos e deverão ir a Júri Popular.
No ano passado, novo confronto. Desta vez, foi no Parque Tradicionalista Municipal. A vítima, no entanto, acabou sendo um dos jovens que estavam com o grupo do Bonde do João de Barro. Nestor Vitor Barroso Rodrigues Júnior, de 20 anos, acabou morrendo esfaqueado.
A Polícia Civil deverá assumir o caso envolvendo as agressões a Maicon Silveira Chaves e aos dois adolescentes somente nesta segunda-feira. Maicon relatou a participação do Bonde, mas não soube identificar o seu agressor.