PROCURE UMA NOTÍCIA AQUI:

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Vereadores vistoriam a barragem VAC 4 juntamente com engenheiro responsável

O acidente ocorrido com o rompimento da barragem de Brumadinho despertou um alerta sobre a condição das barragens espalhadas por municípios de todo o país. E para esclarecer à população gabrielense como se encontra a manutenção da barragem VAC 4, a maior do município, localizada no distrito de Vacacaí, que a Câmara de Vereadores de São Gabriel organizou uma comitiva para visitar o local. O engenheiro Jorge Vidal, responsável pela manutenção da barragem, e a imprensa local acompanharam a comitiva. Estiveram presentes Adão Santana, presidente do Legislativo e o vereador André Focaccia.
Adão Santana falou que a finalidade da visita é tranquilizar a comunidade quanto a possíveis riscos de rompimento, “Vidal nos informou que a barragem não corre risco algum de rompimento, a comunidade pode ficar tranquila. Ela ainda vai completar 25 anos desde que foi construída e possui um vida útil para 100 anos e a estrutura em concreto parece estar bastante sólida”. Adão também comentou que pretende realizar uma palestra com Jorge Vidal, na Câmara de Vereadores para esclarecer a comunidade como funciona a barragem e os detalhes técnicos da estrutura.
Diferentemente da barragem de Brumadinho, que era para fins de mineração, a barragem VAC 4 tem a finalidade de irrigação e prevenção de secas e enchentes. Ela fornece água para as lavouras e controla o nível do rio Vacacaí, quando o rio esta muito cheio em decorrência das chuvas as comportas são fechadas e quando o rio está com baixo nível de água as comportas são abertas, para evitar a falta de abastecimento na cidade. Ela comporta um total de 22 milhões de metros cúbicos de água, quase o dobro da capacidade da barragem de Brumadinho e a manutenção diária do local é realizada pela empresa Conságua.
Como a VAC 4 é uma obra do governo estadual a fiscalização sobre sua manutenção é realizada pela AGERGS (Agência Reguladora dos Serviços Delegados do Estado), porém a fiscalização sobre a estrutura da barragem e verificação de possível risco de rompimento é feita diretamente pelo Departamento de Recursos Hídricos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema). O atual secretário da Sema é Artur Lemos, que recebeu recentemente do governador Eduardo Leite a tarefa de vistoriar todas as barragens do estado. Segundo Lemos, em poucos dias será divulgado um cronograma com a data em que as barragens da região serão vistoriadas.