PROCURE UMA NOTÍCIA AQUI:

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Novo IGP zera demanda de dois meses em sete dias

Operando em um novo modelo de gestão desde o dia 15 do corrente, o Instituto Geral de Perícias, com seus serviços geridos pela prefeitura, conseguiu zerar em sete dias de trabalho a demanda dos últimos meses, em que o Estado não dispunha de pessoal para atender a comunidade. 
Segundo a Secretária Juliana Medeiros, a cuja pasta o IGP foi subordinado, desde a vigência do novo convênio foram expedidas 135 carteiras, normalizando a demanda após dois meses de suspensão dos serviços, em que os gabrielenses eram obrigados a fazer sua carteira de identidade ou segunda via em Rosário do Sul. "Esse serviço leva seu recurso para o Estado, sem transferir nada ao Município, mas a determinação dada pelo prefeito Rossano foi de que a população não ficasse desassistida", ressaltou a secretária.