Campanha "Alerta AIDS 2014" começa a ser desenvolvida no Dia Mundial de Combate a doença

No mês de dezembro, quando é comemorado o Dia Mundial de Combate à Aids, o governo brasileiro anuncia uma parceria firmada entre o Ministério da Saúde – por meio do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) – e o laboratório internacional Bristol-Myers Squibb que possibilitará produzir o atazanavir, um medicamento usado por cerca de 20% dos soropositivos.
O Brasil é referência mundial no enfrentamento ao HIV/Aids. Há 16 anos, o SUS garante acesso universal a todos os medicamentos necessários para o combate ao vírus HIV, além de exames e acompanhamento médico, que beneficiam 217 mil brasileiros. Além disso, o SUS oferece tratamento antirretroviral a 97% dos brasileiros diagnosticados com Aids.
A mobilização contra a doença ganha destaque no primeiro dia de dezembro, quando é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A data foi uma decisão da Assembleia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas – ONU.
Em São Gabriel, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), através do Programa DST/Aids, realiza entre os dias 1 e 5 de dezembro, o Alerta Aids 2014. Durante estes dias, equipes da Saúde disponibilizarão testes de HIV, Sífilis e Hepatite, além de distribuição de preservativos e ações de conscientização. Entre os dias 2 e 4, as atividades serão descentralizadas. No dia 2, a SMS atenderá o público da zona norte na Associação de Moradores do Bairro Andrade; no dia 3, a mobilização será na UBS Esplanada, na zona oeste; e no dia 4, os atendimentos acontecerão na Associação de Moradores da Vila Maria, na zona sul da cidade.
No Dia D, profissionais do Programa DST/Aids farão blitz nas proximidades do Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Prefeitura Municipal com a distribuição folders, adesivos e preservativos.
Também dentro das atividades do Alerta AIDS/2014 (em apoio a Campanha Novembro Azul) foram realizadas ações informativas e de testagem junto aos caminhoneiros nos últimos dias 24, 25 e 26 nos postos de combustíveis: Batovi, Paradouro e Gauchão. De acordo com a enfermeira Rosângela Boher, responsável pelo Programa DST/Aids, os motoristas elogiaram a inciativa.
A campanha é desenvolvida pela SMS e conta com apoio Curso Técnico de Enfermagem da Escola New Life e da Universidade Federal do Pampa (Unipampa).