MUTIRÃO DA CAMPANHA DO AGASALHO É REMARCADO PARA O DIA 6 POR CAUSA DAS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS

A comunidade de São Gabriel vai ter mais uma oportunidade de participar da Campanha do Agasalho. O evento de lançamento marcado para o dia 23 de maio (sábado passado) acabou não acontecendo por causa das condições climáticas desfavoráveis e foi transferido para o dia 6 de junho. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social vai realizar um mutirão – definido como Caminhada Solidária. A ação terá a participação de instituições de serviço e ainda auxílio das demais Secretarias Municipais. Dois veículos do Exército Brasileiro serão utilizados como equipe de apoio para recolhimento dos donativos.
O evento faz parte da Campanha do Agasalho 2015, lançada oficialmente no sábado (16/05), na Praça Dr. Fernando Abbott, com a eleição de Vitória Nasiniak Domingues, da Escola Municipal Ferraz Neto, para Rainha da Campanha. Ela recebeu a faixa de Graziela Trindade de Jobim, eleita em 2014. No mesmo dia foram premiados os alunos Eduardo Langendorf, da Turma 81 da Escola João Goulart, responsável pelo desenho que originou a logomarca e Ana Laura, do 6º ano da Escola Ferraz Neto, que elaborou o slogan– “O frio passa e a solidariedade fica”.
Mesmo antes de contabilizar os números da arrecadação em pontos de recolhimento espalhados pela cidade, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social já comemora uma previsão recorde para este ano. Somente no primeiro dia, quando foi anunciado o resultado da Gincana da Campanha do Agasalho, o setor contabilizou mais de 10 mil peças arrecadadas por equipes das Escolas Municipais. Destaque para o vencedor da competição, o colégio Ginásio São Gabriel, que sozinho juntou mais de 7 mil peças de roupas. 
A Caminhada Solidária inicia às 14 horas do dia 6 com a participação de representações das Secretarias Municipais, Clubes de Serviços, Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e Brigada Mirim. A iniciativa também terá a participação da 13ª Companhia de Comunicações. Além disso, a Secretaria de Desenvolvimento Social terá pontos de arrecadação instalados pelo comércio e a população poderá fazer as doações até a metade de junho, quando será finalizada a campanha e organizado o processo de distribuição para as comunidades carentes.