Regularização Fundiária: Moradores do bairro Élbio Vargas recebem escrituras de residências

Depois de anos morando de forma irregular, mais 10 famílias comemoraram, na última quinta-feira (16), a legalização de terrenos no Bairro Élbio Vargas. As escrituras foram repassadas pelo prefeito Roque Montagner em uma reunião no Gabinete da Prefeitura Municipal. O secretário de Obras, Habitação, Urbanismo e Meio Ambiente, Felipe Abib, as Coordenadoras de Obras, Andréia Herrmann e de Habitação, Magali Balconi; a advogada Letícia Sartori e Ibanês Lopes Ferreira também participaram do encontro.
A grande maioria dos moradores aguardava o documento de posse desde 1998.
Nesta etapa, foram beneficiados: Eloar Oliveira Martins - Rua São José, 118; Marisa de Oliveira Martins - Rua São José, 126; Mirca Rodrigues da Silva - Rua São Domingos, 57;- José Antônio Saldanha - Rua São Domingos, 41; Maria Lucia Santos Rodrigues - Rua São Pedro, 119; Ilza de Fátima Prates Rodrigues - Rua Santo Onofre, 212; Lana Anádia Silva Rodrigues - Rua Santa Helena, 24; e César Arede Blini - Rua São Pedro, 133. Também foram feitas retificações nas escrituras de Dilson Martins dos Santos - Rua São Caetano, 73 e Vitor Paulo Alves Garcia - Rua Santa Terezinha, 56.
Numa próxima etapa, terrenos serão registrados no registro de imóveis de São Gabriel.
No início deste ano, a Regularização Fundiária no Município foi tema de reunião na Escola Ginásio São Gabriel com a participação de mais de cem moradores em loteamentos não regularizados e em áreas verdes de São Gabriel.
O prefeito Roque Montagner destaca a regularização do Loteamento Pascotin e Bairro Élbio Vargas, onde continuam sendo entregues as escrituras aos moradores, como ações prioritárias.
“Neste Governo, vocês são muito importantes para nós. Sabemos que os problemas estão onde as pessoas moram, e a nossa preocupação é de juntamente com vocês tentar resolver os problemas crônicos que vem ocorrendo por várias décadas, pois na individualidade vocês não conseguirão. Com a parceria do Ministério Público (MP) estamos conseguindo transformar este sonho em realidade, regularizar vários loteamentos e os imóveis, e para isso, há necessidade de um processo burocrático para a referida regularização", disse o prefeito.
No ano passado, de 435 moradias existentes no bairro Élbio Vargas, 277 já estavam aptas para a liberação de escrituras. Ainda em 2014, a Prefeitura Municipal iniciou o chamamento destas famílias.