Câmara sedia audiência pública do Cadastro Ambiental Rural

A Câmara de Vereadores de São Gabriel sediou nesta segunda-feira (11) mais uma Audiência Pública, que desta vez trouxe esclarecimentos sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que tem seu prazo final em 5 de maio. A medida, que é um registro público eletrônico junto ao Ministério do Meio Ambiente, gerou muitas dúvidas dos produtores rurais. Por isso, o vereador Adão Santana (PTB) solicitou a realização de uma audiência pública sobre o assunto, que lotou as dependências da Câmara.
Para a ocasião, foi convidado o Assessor de Desenvolvimento Sustentável do Sistema FARSUL, Eduardo Condorelli, que fez uma palestra sobre o assunto para o plenário lotado de produtores rurais. Condorelli destacou que o CAR, criado pelo novo Código Florestal em 2012, é necessário para comprovar a regularidade ambiental ou acesso aos Programas de Regularização Ambiental (PRA). 

"Esta declaração é fundamental para que o produtor possa comprovar seu direito de manter atividades rurais em parte das Áreas de Preservação Permanente ou mesmo constituir Reserva Legal em percentual inferior a 20%. A inscrição é obrigatória, e se tem muitas vantagens ao se declarar o CAR", explicando que as informações repassadas já disponíveis podem ser utilizadas na simplificação e agilização nos processos de outorga do direito de uso da água, licenciamentos ambientais e autorização de supressão de vegetação nativa, hoje muito burocráticos e demorados.
Um grande número de produtores rurais compareceu à audiência, que levou mais de três horas de duração devido ao esclarecimento de inúmeras dúvidas dos presentes. O vereador Adão Santana agradeceu ao comparecimento e destacou que o encontro serviu para que se sanassem estas indagações, visto que o número de produtores que realizou o CAR ainda é pequeno. Compareceram à audiência o presidente do Sindicato Rural e vice-presidente da FARSUL, Tarso Teixeira, o Presidente da Associação dos Arrozeiros, Paulo Lederes, entre outros convidados.
Nesta quinta-feira (14) é a vez de mais uma Audiência Pública, sobre as Políticas Públicas de Atendimento à Criança e ao Adolescente, proposição do vereador Sildo Cabreira (PDT).