terça-feira, 6 de novembro de 2018

Inaugurado o Centro Municipal de Fisioterapia

Foi inaugurado na tarde de segunda-feira, 05 de novembro, o Centro Municipal de Fisioterapia, junto à Policlínica Brandão Júnior, sede da Secretaria Municipal da Saúde. A cerimônia contou com a presença do prefeito Rossano Gonçalves e da primeira-dama Adriana Gonçalves; da vice-prefeita e secretária de Assistência Social, Karen Lannes; do secretário da Saúde, Ricardo Coirolo; da Coordenadora Municipal de Fisioterapia, Roberta Guimarães dos Santos; do presidente do Conselho Municipal de Saúde, Vanderlei Somavilla; do provedor da Santa Casa de Caridade, Luiz Carlos Dotto; dos secretários Rafael Gonçalves (Gabinete), Juliana Medeiros (Desenvolvimento), Artur Goularte (Fazenda), Valdemir Jobim (Administração); dos coordenadores da pasta da Saúde e equipe técnica do novo Centro de Fisioterapia. O vereador Adão Santana (PTB) representou o Legislativo Municipal.
O serviço de Fisioterapia passou a ser fornecido pela Prefeitura desde 2003, na segunda gestão do atual prefeito Rossano Gonçalves, que administra o Município em seu quarto mandato. O serviço começou inicialmente a partir de um convênio com a Santa Casa, e mais tarde através de um serviço próprio da Secretaria de Saúde, para pacientes em recuperação de traumas e cirurgias, entre outras indicações. O novo Centro de Fisioterapia começou a ser construído em 2017, e é resultado de um investimento de R$ 350 mil em recursos próprios, sendo R$ 265 mil nas obras físicas e R$ 85 mil em equipamentos. O novo espaço possui 253,54 metros quadrados e unidades para atendimento individualizado, inclusive para pacientes infantis. A equipe, que tinha 10 fisioterapeutas quando a nova gestão começou, passa a contar com 14 fisioterapeutas e 1 terapeuta ocupacional. Segundo a coordenadora Roberta Guimarães, se com a estrutura anterior o serviço de fisioterapia realizava 2500 atendimentos por mês, com o novo Centro passarão a ser 3500 atendimentos mensais. “Quando o novo governo assumiu em janeiro de 2017, a fila de espera era de 1400 pacientes. Conseguimos reduzir para 300 pacientes, e com o novo Centro de Fisioterapia, com certeza vamos zerar a fila em alguns meses”, ressalta.
O secretário Coirolo aponta os desafios que a gestão enfrentou. “Quando assumimos, havia gabinetes odontológicos fechados, simplesmente porque não havia lâmpadas nos consultórios. Agora os serviços todos estão em pleno funcionamento, e nenhum posto de saúde está com telefone cortado por falta de pagamento. Abrimos postos de saúde no interior, e cumprimos com tudo o que foi prometido à população na área de Saúde durante as eleições”, ressaltou. 
O prefeito destaca que outras ações estão em andamento. “Está em construção um espaço humanizado para atendimento na Farmácia Básica de Medicamentos, e em breve será inaugurado, em parceria com a Santa Casa, o Centro de Oncologia, um desafio histórico do qual tratamos desde antes de assumir, quando estive com o ministro da Saúde ainda na condição de prefeito eleito. Temos trabalhado com afinco desde então, e apesar das dificuldades, estamos avançando na atenção à Saúde da nossa gente”, ressaltou.