terça-feira, 18 de junho de 2019

Suspeitos da morte de Alexandre são presos em Arroio dos Ratos

Uma operação conjunta – envolvendo equipes da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Brigada Militar – resultou na prisão de três elementos suspeitos de terem participado do assassinato de Alexandre Ribeiro Alves, de 17 anos, na madrugada desta terça-feira (18), no Bairro Élbio Vargas. 
Segundo a Polícia, um do elementos é de São Leopoldo e outros dois de Alvorada – de 19, 21 e 25 anos, com antecedentes criminais por tráfico.As prisões aconteceram cerca de 3 horas e meia após o crime, em Arroio dos Ratos, ainda na BR-290. A PRF estava monitorando as rodovias da região. Os policiais acompanharam o veículo e, com o apoio da Brigada Militar e de outra equipe federal, realizaram a abordagem em Arroio dos Ratos. A rodovia foi bloqueada momentaneamente para impedir a fuga dos criminosos.
Além de encontrarem munições no interior do veículo, os agentes federais descobriram que o automóvel utilizava placas clonadas, sendo na realidade um Fiat Argo roubado no dia 15, em Porto Alegre.
Imagens de câmeras de vigilância auxiliaram na prisão dos suspeitos logo após terem deixado a cidade em direção a Porto Alegre. Os presos serão encaminhados para o Presídio Estadual de Charqueadas.
O tráfico de drogas pode estar relacionado ao crime. Alexandre pertence a família dos irmãos Ronaldo, de 19 anos, e Mário Felipe Antunes Moreira, de 22 anos, presos durante a operação Areeiros no mês de maio. As ações aconteceram em dois pontos do Bairro Élbio Vargas, nas ruas Santa Rita e São Lourenço (esta última, onde residia Alexandre). 
Durante a operação, foram presos quatro elementos apontados como responsáveis por comandar o tráfico de drogas ilícitas no Bairro Élbio Vargas e por administrar um esquema de receptação de objetos furtados.