domingo, 11 de agosto de 2019

O primeiro Dia dos Pais deles

Hoje é Dia dos Pais e as redes sociais "pipocam" fotos de pais com seus filhos e de filhos com os seus pais. Só quem é pai sabe o que isso significa e a cada ano que passa, os votos de amor a figura paterna sempre se renovam.
E para quem tem a sensação de comemorar a data pela primeira vez?
Uns mudam a vida para sempre com a grande notícia, outros planejam o "ser pai" e outros tem a missão de, mesmo não sendo pais biológicos, de dar o amor incondicional de um pai, pois a figura paterna não depende de sangue. 
E para relatar a felicidade de comemorar a data, o Coluna Ponto de Vista ouviu alguns pais de primeira viagem que, relataram a sua emoção de comemorar neste domingo o seu primeiro Dia dos Pais.

A MUDANÇA DE VIDA
A chegada de Melissa mudou a vida de André
O técnico em informática, André Lemos, que foi pai de Melissa, no mês de maio, ressalta a mudança de vida com o nascimento da filha.
"Passei a dar valor para estar mais com a família e as pessoas. Hoje, eu participo mais da vida da minha filha, da minha família, porque eu sei que alguém depende de mim e da mãe dela. Quando os meus amigos falavam da mudança de vida que ia ser o nascimento da minha filha, eu não acreditava. Só vivendo para você saber. Foi bem como me passaram que seria. É uma sensação sem explicação", comenta.
Renascimento. Assim, André definiu o nascimento de sua filha Melissa. "Renasci com ela. Posso te assegurar que esses 3 meses, foram os 3 melhores meses da minha vida. Quem não é pai ou mãe, eu aconselho que seja", frisa.
André agradece ainda a sua esposa que junto com ele, faz o que podem pela filha. "Estar presentes e unidos é o que faz uma família feliz", finaliza.

A OPORTUNIDADE DE "VIRAR O JOGO"
Abençoados, Cláudio e Patrícia receberam os presentes de Deus, Welington e Vitor
Habilidoso com as palavras, o talentoso jornalista e Reverendo Cláudio Moreira, literalmente as perdia, quando o assunto era o Dia dos Pais, pois há 26 anos, a lembrança de seu pai, o radialista e ex-vereador Carlos Alberto Moreira - assassinado num crime de trânsito, impune até o dia de hoje - fazia com que a data fosse um dia de saudade e isolamento.
Porém, Moreira "virou o jogo" em 2019. 
"Obviamente que a saudade permanece, mas esse Dia dos Pais, pra mim, é o mais especial da minha vida, pois Deus promoveu o encontro de duas crianças que precisavam de uma família, com um casal que queria muito ter filhos", disse.
Os meninos Wellington e Vitor, mudaram o patamar da existência de Cláudio Moreira.
"Alguns amigos me dizem: "esses meninos foram abençoados". Mas na verdade, nós é que fomos, através deles. O maior cargo que um homem vai adquirir na sua vida, não é de doutor, pastor, Vossa Excelência, nada disso. O maior título de um homem é ser pai. E os meus filhos, gerados no coração, me fazem ser um pai bem aventurado", ressalta emocionado.

A REALIZAÇÃO DE UM SONHO
Após 4 anos de espera, Maurício é só alegria com o pequeno Inácio
O barbeiro Maurício Orquiz tinha o sonho de ser pai, pois sempre gostou de criança e há 4 anos fez um pedido a Deus: quero ser pai. E ele foi abençoado com o nascimento do filho Inácio, em outubro de 2018.
"Quando a minha esposa falou que estava grávida eu não acreditei, perguntei realmente se era verdade, se era dela, pois foram mutas frustrações nesse período. Eu comecei a chorar, abracei a barriga dela e agradeci a Deus", conta.
Quando Inácio nasceu, Maurício estava com a esposa Mirian e, ao ir em casa buscar as roupas para o recém-nascido não se conteve. "Eu comecei a chorar no carro. A sensação é ótima, pois pude sentir a sensação do que Deus sente pela gente, pois tudo o que vou fazer, vou adquirir eu penso no Inácio, para que ele saiba que a família dele, ama ele demais. O ano de 2018 quando ele nasceu foi o ano do amor, porque só o amor explica este sentimento", conta