RGE investiu R$ 17,2 milhões na Região Central. Em São Gabriel, investimento foi de mais de 2 milhões

Os investimentos da RGE em 14 cidades da Região Central chegaram a R$ 17,2 milhões nos primeiros nove meses deste ano. A distribuidora do Grupo CPFL executou centenas de obras de modernização e melhoria da rede elétrica, como a substituição de 2.657 postes e construção ou melhoria de 73,8 km de rede de média tensão.
O Consultor de Negócios da RGE, Carlos Roberto Amorim, ressalta os investimentos realizados na modernização da rede de distribuição de energia elétrica. “Com as ações e investimentos deste terceiro trimestre, a Região Central conta com 297 religadores automáticos. Este é um número que reflete o compromisso da RGE com a distribuição de energia elétrica de qualidade, já que estes equipamentos deixam a rede mais moderna e robusta”, destaca Amorim.
Os religadores são instalados em posições estratégias da rede de distribuição. Eles são operados à distância, pelo Centro de Operações, e permitem que a energia seja restabelecida num curto espaço de tempo quando a interrupção ocorrer sem danos físicos na rede. Também possibilita que um defeito seja isolado, deixando o menor número possível de clientes sem energia enquanto as equipes atuam no restabelecimento do serviço.
Alinhada com o Planejamento Estratégico do Grupo CPFL Energia, a RGE, distribuidora de energia elétrica que atende 381 municípios gaúchos, investiu R$ 605 milhões em obras de ampliação, melhoria e modernização da rede nos nove primeiros meses deste ano. O valor é 24,7% superior em relação ao mesmo período do ano passado. Esses investimentos permitiram que centenas de obras fossem executadas no período, como a substituição de 64 mil postes de madeira por concreto na área de concessão, a instalação de 204 novos religadores automáticos e construção ou melhoria de 1.447 Km de rede de média tensão.

Principais investimentos da RGE na região – Janeiro a setembro de 2019

Cidade                Investimento    Postes trocados
Caçapava do Sul    R$ 3,1 milhões         495
Santa Maria           R$ 7,5 milhões         763
São Gabriel            R$ 2,1 milhões         299
São Martinho da Serra    R$ 740 mil       262
São Pedro do Sul            R$ 833 mil       204
São Sepé               R$ 2,6 milhões         402

Plantio de árvores próximo à rede
A RGE alerta os clientes sobre o plantio de árvores de grande porte próximas à rede elétrica. O toque da vegetação nos componentes da rede – como cabos e transformadores – é o responsável por grande parte das interrupções de energia em toda a área de concessão da distribuidora. Por isso é importante que, ao plantar qualquer árvore, os moradores analisem o espaço e projetem o crescimento daquela muda. Recomenda-se que perto de redes elétricas ou mesmo do ramal de ligação do cliente – o fio que sai do poste e vai até a casa ou prédio – não se plante árvores de maior porte.
Espécies de médio e grande porte devem ser plantadas, preferencialmente, em praças e espaços que comportem o seu desenvolvimento pleno a fim de não gerar conflitos com as estruturas do contexto urbano em geral (redes de energia elétrica, água, internet, calçamentos, etc.).
A RGE e o Grupo CPFL têm um Guia de Arborização completo com as espécies mais indicadas para serem plantadas nos diferentes espaços, tipo de podas que podem ser feitas, manutenção da vegetação, legislações do setor, entre diversas outras informações. O guia pode ser consultado, na íntegra, através do site da RGE.

Serviços Online
A RGE oferece vários serviços online. Conheça o site ou baixe o aplicativo da CPFL Energia:
- Falta de Energia: Envie um SMS com o SEU CODIGO (que consta na conta de energia elétrica) para o número 27350.
- Aplicativo CPFL Energia (disponível gratuitamente para download em celulares e tablets com sistemas operacionais Android, iOS e Windows Phone).
- Agência Digital: http://www.rge-rs.com.br/

Sobre a RGE
Responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,9 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.
Os investimentos realizados pela RGE contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.  

Sobre a CPFL Energia
A CPFL Energia, há 106 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.
Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,7 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.
Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis (99,94%), maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 4.304 MW, no final de setembro de 2019.
A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3 e ADR Nível III na NYSE. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.