A cultura perde Berenice Pinto da Costa Rodrigues

O sábado começa mais triste e a cultura mais pobre. Faleceu nesta manhã, 11, aos 47 anos a arquiteta Berenice Pinto da Costa Rodrigues, em virtude de problemas de saúde. 
Berenice era graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Urcamp em 1998, foi a responsável por vários projetos de restauração de prédios históricos no Rio Grande do Sul, como o Sobrado da Praça e a Igreja do Galo, hoje Museu Nossa Senhora do Rosário Bom Fim, em São Gabriel.

Era Pós-graduada em Conservação e Restauro de Monumentos e Conjuntos Históricos pela Universidade Federal da Bahia (2000) e Mestrado em Desenho. Gestão e Direção de Projetos pela UNINI (2016), tendo ainda experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Patrimônio Cultural.
Era atuante no Instituto Cultural Harmonia Gabrielense, onde foi a autora da restauração do Sobrado da Praça, Igreja do Galo e do Theatro Harmonia, hoje parado. Na região, foi a autora dos projetos de restauração do Teatro João Pessoa (Rosário do Sul), Museu Dom Diogo de Souza (Bagé), Prefeitura e Centro Administrativo de Bagé, Museu Getúlio Vargas (São Borja), entre outros. Era casada com o professor Glecio Rodrigues. 
Glecio informa que o velório será na Capela Santa Rita e o sepultamento às 15 horas no cemitério local. Sentimentos à família!

Um comentário:

  1. Voa minha alma gêmea para lugares lindos e maravilhosos. Te amo para a eternidade minha querida Véinha.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.