Vereadores rejeitam venda de área rural da extinta Fundação Agrária

Por 7 votos a 3 os vereadores se posicionaram contra a venda de uma área rural de propriedade do município, advinda de decisão judicial que extinguiu a Fundação Agrária e Profissional de São Gabriel. Localizada no distrito do Tiaraju, a fazenda rural com 304 hectares está avaliada em aproximadamente R$ 4,5 milhões. A decisão aconteceu durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira.
O vereador Sildo Cabreira, do PDT, defendeu que, mesmo com a aprovação do projeto, a área continuaria, necessariamente, direcionada a investimentos na infância e na juventude.
Já para o vereador Felipe Abib, do PT, um dos que votaram contra o projeto, o local traria mais vantagens ao município se fosse arrendado. O vereador Vagner Aloy, do PSDB, que também votou contra o PL, chegou a defender que o local deveria ser utilizado para sediar uma fazenda terapêutica para tratamento de dependentes químicos e alcoólicos.
Votaram contra os vereadores Felipe Abib (PT), Rossano Farias (Patriota), Márllon Maciel (PP), Éder Barboza (Patriota), Vagner Aloy (PSDB), Adão Santana (PTB) e Renato Silveira (PSDB), votaram a favor Claudiomiro Borges (PL), Sildo Cabreira (PDT) e Flávia Batista (PL).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.