Presidente do PSDB Gabrielense lamenta a morte de Bruno Covas

Faleceu neste domingo, 16, aos 41 anos, o prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).
Covas morreu às 8h20min, conforme informou a prefeitura de São Paulo, em nota. 
Desde 2019, ele lutava contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Ele deixa o filho Tomás, de 15 anos.
Com uma carreira promissora na política e um legado deixado pelo seu avô Mario Covas, ex-Governador de São Paulo, Bruno era formado em direito pela Universidade de São Paulo e em economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Entre outros cargos, foi deputado estadual, secretário estadual de Meio Ambiente de São Paulo, presidente do Juventude do PSDB e deputado federal. Em 2015, foi sub-relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobrás e membro da Comissão Especial da Maioridade Penal. Em outubro de 2016, foi eleito vice-prefeito da cidade de São Paulo, na chapa de João Doria, assumindo a prefeitura em 6 de abril de 2018, em razão da renúncia de Doria. Em 2020, Covas foi reeleito prefeito de São Paulo, tendo conseguido o feito inédito de vencer em todos os distritos eleitorais da cidade no primeiro turno.
Em São Gabriel, o Presidente Municipal do PSDB, Mauro Teixeira Lopes Júnior lamentou a perda do jovem político.
"É muito triste. Uma história de família, né? Como Covas, um dos fundadores do PSDB, um cara tão novo, com uma carreira brilhante, reeleito em São Paulo, a principal capital do país. Falecer tão cedo assim, deixa todos muito tristes. Aliás, a morte de qualquer pessoa é um momento triste e de um jovem assim, com uma carreira tão promissora, a gente fica mais triste ainda. O PSDB de São Gabriel se solidariza com a família, com os paulistanos e o que se espera é que o legado que ele deixou no combate à pandemia, tenha frutos para o futuro. Nessa hora, a gente não tem muito o que dizer", lamentou Mauro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.