Design-sem-nome-1

Gabrielense briha no time feminino do Grêmio

Uma promessa do futebol feminino, natural de São Gabriel. vem se confirmando no Campeonato Gaúcho da categoria. A atacante Nubia Cabral Dotto, 18 anos, revelada na Escola Municipal Marechal Deodoro e depois na Escola Estadual XV de Novembro, vem aproveitando as chances dadas pela técnica Patrícia Gusmão. Vinda do Sub-18, Nubia está na equipe principal que disputa a semifinal do Gauchão contra o Flamengo de Tenente Portela, a partir de 14 de novembro.
A atacante aproveitou as oportunidades, marcando gols e dando assistências, mesmo sendo exigida a um ritmo mais forte do que estava acostumada no Brasileirão Sub-18. Ela foi entrevistada por GZH nesta segunda-feira (8) e revelou como vem sendo a rotina de treinos e jogos.
Nubia jogou 85 minutos na primeira fase, sendo 36 contra o Pelotas e 49 contra o Guarany de Bagé, marcando quatro gols e fazendo duas assistências. Em média, Nubia precisou de 14 minutos em campo para participar de algum tento das Gurias Gremistas. "No profissional o jogo é mais rápido, tem mais cobrança. É preciso mais força, o jeito de jogar é diferente, tem de estar mais esperta para dar o toque logo que receber a bola", acrescentando a resposta para as cobranças. "Cada gol é um peso que sai das costas, estava nervosa para a estreia, mas foi muito bom ajudar a equipe. Quero seguir assim", comentou.
Nubia chegou ao Grêmio após ser aprovada em uma peneira no ano de 2019, no Sub-16 e após, no Sub-18, disputando o Campeonato Brasileiro da categoria, tendo ainda o convite do dirigente e ex-jogador do Grêmio nos anos 80, Yúra. Ele também deu a oportunidade para ela e o grupo de jogar com o time principal, o que foi recebido com satisfação.
O convívio entre as mais experientes mostrou para Núbia novas perspectivas sobre a relação entre atletas e a profissão dos sonhos dela. 
Segundo a gabrielense, as conversas e experiências dentro e fora de campo a fizeram valorizar mais a possibilidade de viver do futebol e as rotinas necessárias para tal. "Ainda quero evoluir muito mais. Tenho expectativa de seguir aproveitando os jogos do Gauchão para fazer meu melhor. Mesmo sem gol, mesmo que nem jogue, quero mostrar que posso estar no grupo principal para ajudar", projeta.
O Grêmio disputa a semifinal do Gauchão Feminino nos dias 14 e 21 de novembro, contra o Flamengo. A primeira partida será às 15h em Três Passos e a volta, no Estádio Vieirão, em Gravataí, que é a casa das gurias gremistas. Sucesso para nossa conterrânea que faz bonito no futebol feminino. Ela foi revelada na Escola Municipal Marechal Deodoro, onde disputava várias competições esportivas escolares e depois na Escola Estadual XV de Novembro, onde uma das maiores incentivadoras foi a professora Raíssa Ochôa Golin.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.