too-novo-2021new

Em entrevista para CDN, secretário destaca atividades da Educação

O secretário de Educação, professor e músico Edjor Borges, a convite do jornalista gabrielense Cassiano Cavalheiro, esteve concedendo entrevista a Rádio CDN, programa DNA, em Santa Maria, na última segunda-feira (26). 
Juntamete com a jornalista Leandra, Cassiano fez vários questionamentos ao professor e músico, tanto a respeito da sua função como gestor, quanto como intérprete e instrumentista.
Ao parabenizar a trajetória do jornalista, Edjor Borges falou sobre sua função como secretário, destacando diversas ações inovadoras do município, e que destacaram a Secretaria em nível regional. 

Ele lembrou que São Gabriel foi a primeira cidade do Brasil a entregar a merenda escolar no período da pandemia, falou da realização de grandes eventos como Festival Estudantil da Canção, Feira Municipal do Livro, integração e inovação no trabalho das escolas do campo, com uma visão voltada a valorizar o aluno na sua comunidade, criação de uma escola cívico-militar, Festival de Esportes de Grama, constante formação dos professores, treinamento especial para o setor de inclusão, piso pago em dia e cumprindo o índice de reajuste de 33,23%, entre outros. 

SUPERANDO A PANDEMIA
“Com uma equipe bastante comprometida, trabalho com ações voltadas principalmente para humanização, queremos formar cidadãos preparados para conviver da melhor maneira na sociedade, embasados no espírito de solidariedade, companheirismo e colaboração”, destacou Borges.
Em relação a música, ele disse ser essa sua outra grande paixão, tanto quanto a missão de ensinar. 
“A união dessas duas atividades tem me auxiliado muito, a música não somente como cultura, mas como uma forma de ensinar. Foi aí que tive a ideia de desenvolver projetos inovadores em parceria com os músicos e educadores Bob Bopsin e Veco Marques no “É Musicando que se Aprende”, onde no formato on-line, tivemos a oportunidade de repassar conhecimento através da música”, comentou.
Ele afirmou ainda ter assumido a secretaria no momento mais desafiador, findando uma pandemia com retorno presencial.
“Um momento em que os alunos tiveram que reaprender a conviver e nós. coordenarmos tudo isso, com profissionais fragilizados pelas sequelas deixadas pela Covid-19. Estamos no caminho da superação”, finalizou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.