too-novo-2021new

Município buscará recursos para conclusão do Cine Teatro Harmonia

Um esforço conjunto entre Prefeitura Municipal e Instituto Cultural e Educacional Harmonia Gabrielense buscará novas ferramentas de captação de recursos externos, para a conclusão das obras do Cine Teatro Harmonia, na rua Mascarenhas de Moraes. O tema foi objeto de reunião, nesta segunda-feira, 4, do prefeito Lucas Menezes com as diretoras do Instituto Harmonia, Rosângela Saccol, Cláudia Del’Olmo e Marilene Dotto, em uma reunião de trabalho com o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Rogério Melo, e o assessor da secretaria, Marcel Sangoi Bastianello.
A obra de reconstrução do antigo Cine Teatro Harmonia, iniciada nos anos 2000 por iniciativa do Instituto, que captou recursos externos para sua construção, em área adquirida pelo município em 2009, obtendo cerca de R$ 800 mil de empresários gabrielenses através da Lei de Incentivo à Cultura. Em 2013, a prefeitura entregou as chaves do local ao Instituto Harmonia, mas em 2016 embaraços burocráticos e institucionais paralisaram as obras. Naquele mesmo ano foi constatado que a gestão municipal da época havia deixado de desapropriar uma área lindeira para a construção de duas caixas d’água de 20 mil litros para atender as exigências do Plano de Prevenção e Combate a Incêndios (PPCI). Uma ação judicial foi interpelada pela Procuradoria Jurídica Municipal somente na gestão seguinte, em 2017, para a aquisição da área anexa, e agora o desafio é obter recursos para a continuidade da obra. Em 2013, o volume de recursos para finalizar o novo Cine Harmonia giraria em torno de R$ 1,8 milhão, mas segundo as diretoras do Instituto Harmonia, com a pandemia, a crise inflacionária e a elevação dos preços dos insumos de construção civil, o valor foi atualizado em cerca de R$ 3 milhões.
Esta foi a terceira reunião entre a prefeitura e o Instituto Harmonia neste ano, a primeira com o prefeito Lucas Menezes, que ressaltou o empenho do Poder Executivo em perseguir os recursos necessários para a conclusão da obra. 
“Em um ano eleitoral, existem vedações legais que impedem a transferência de recursos adicionais, mas esperamos que após o pleito tenhamos os caminhos destravados, e enquanto isso trabalharemos juntos na solução da burocracia”, ressaltou. 
“Pelo menos estamos tendo o apoio e o engajamento do Poder Executivo para solucionar essa questão, porque não se pode perder o recurso que já foi investido na conclusão desta obra, ressalta Rosângela Saccol.

HISTÓRIA – O Cine Teatro Harmonia foi inaugurado em 1874, e sofreu uma grande reforma em 1929. Foi uma casa de espetáculos prestigiada, onde se realizaram apresentações históricas como a de Bidu Sayão (1902-1999), e foi o principal cinema da cidade até meados de 1980, perdendo gradativamente espaço para o Cine Vitória, extinto desde 1996.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.