Audiência Pública trata dos reflexos da implantação do estacionamento rotativo no comércio de São Gabriel

Marcada para às 19 horas da próxima quarta-feira (19), uma nova audiência pública vai debater os reflexos da implantação do estacionamento rotativo no comércio de São Gabriel, principalmente, na área de abrangência da zona azul. A mobilização está sendo organizada pela direção do Sindilojas e tem aval de representantes das lojas localizadas na zona central da cidade. O encontro acontecerá no plenário da Câmara Municipal de Vereadores.
O principal argumento é o baixo índice de vendas registrado no mês de maio, com queda variando entre 30% a 40% na maioria dos estabelecimentos comerciais, informa o presidente do Sindilojas, empresário Aljaci Brito.
Um abaixo-assinado, com assinaturas colhidas em toda a zona azul, revela a insatisfação com o serviço implantado no centro de São Gabriel. Brito garante que a rejeição ao modelo de estacionamento rotativo chega a 70%, mas a entidade e empresários não são totalmente contrários, desde que aconteçam alterações no sistema.
A audiência pública deverá discutir, exatamente, essas alterações. A mais importante diz respeito ao tempo limite de permanência sem exigência de pagamento. Os empresários querem que passe dos atuais 10 minutos para 45.
A classe empresarial ainda pede redução na janela de horários de funcionamento do rotativo, atualmente das 8h30 às 18h30, passando a valer até às 16h. Além disso, também reivindica o fim da exigência de pagamento aos sábados.
Tecnologia do Blogger.