segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Gabrielense é encontrada morta na Espanha

Sara tinha 38 anos e há anos vivia na Espanha
No sábado, 21, a morte de uma transexual brasileira, de 38 anos chamou a atenção do mundo todo. Tratava-se da gabrielense conhecida pelo nome social de Sara Fernandez, que há anos vivia na Espanha.
Sara foi encontrada em um apartamento localizado na cidade de Avilés, no norte da Espanha.
De acordo com a polícia local, o corpo foi encontrado pela faxineira do imóvel, em que a vítima alugava um quarto, no centro da cidade, que faz parte da comunidade autônoma do Principado das Astúrias. 


Morte de gabrielense foi notícia na Espanha
O corpo da gabrielense foi encaminhado para o Instituto Médico Legal da cidade de Oviedo, onde aconteceria a autópsia.
Neste domingo, um juiz decretou que todo o inquérito relacionado ao caso acontecerá com segredo de justiça
A ONG espanhola Plataforma Trans divulgou comunicado hoje, para cobrar explicações sobre o caso.
A entidade ainda pede ação do Ministério Público local e que as agressões contra transsexuais sejam classificados como crimes de ódio e que isso seja aplicado como agravante.
O Coluna Ponto de Vista conversou com a família de Sara Fernandez, que informou que diariamente mantinha contato com a família. "Estamos sem chão", declarou a irmã de Sara.