sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Assinado convênio com o IPE-Saúde que autoriza atendimento de pacientes com câncer

Assinatura do convênio aconteceu na noite desta quinta-feira
Fotos: Anderson Almeida e Carla Proença/Coluna Ponto de Vista
O salão nobre da Santa Casa de Caridade foi palco na noite desta quinta-feira, 4, de mais uma grande conquista para São Gabriel e região: a Santa Casa de Caridade e o IPE-Saúde assinaram convênio para os pacientes da Unidade de Oncologia Marina Ramos.
O Centro de Oncologia Marina Ramos, localizado no Hospital de Santa Casa de Caridade de São Gabriel, que já estava atendendo pacientes particulares, agora também poderá estender o atendimento a segurados do IPE-Saúde.
A assinatura de contrato de extensão com o Instituto de Previdência do Estado contou com a presença do Provedor do Hospital, Luiz Carlos Dotto; do presidente do IPE-Saúde, Marcos Vinícius de Almeida; do prefeito de São Gabriel, Rossano Dotto Gonçalves; e do secretário municipal da Saúde, médico Ricardo Lannes Coirolo.

Também participaram os vereadores Marco Vieira, do PSDB, e Márllon Mendes Maciel, do PP, este último representando o Poder Legislativo Municipal; a secretária de Saúde de Rosário do Sul, Karla Rosane da Fontoura; e o chefe de gabinete do deputado Frederico Antunes, Ernani Ruschel.

A direção da Liga Feminina de Combate ao Câncer também prestigiou a solenidade.
O prefeito Rossano Dotto Gonçalves disse que a assinatura com o IPE-Saúde representa um sonho realizado. Ele admite que é o primeiro passo, eis que o objetivo principal é o credenciamento com o Sistema Único de Saúde – SUS.
Após a assinatura do aditivo ao convênio, também foi feita uma visitação as instalações do Centro de Oncologia.
Na próxima semana, em Brasília, uma comitiva de São Gabriel retoma as tratativas para assinatura do convênio com o SUS. A documentação (solicitando o credenciamento) já estão na capital federal. A expectativa da Administração da Santa Casa é de que nos próximos dias já haja uma definição de data para o início dos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde.
O credenciamento no SUS, segundo o prefeito, começou a ser tratado ainda em 2016 (logo após a eleição municipal), continuou nos primeiros meses de governo, em 2017, em busca de uma parceria, e está em fase final, agora com tratativas em Brasília.
A Unidade de Oncologia vai atender 11 municípios da 10ª CRS – Coordenadoria Regional de Saúde, beneficiando todas as camadas sociais. “O SUS não é só para os pobres, é universal, é para todos os cidadãos… quem não tiver Fusex, Unimed, IPE, vai ser atendido pelo SUS”, argumentou Rossano.
O objetivo da Unidade de Oncologia é humanizar o serviço, que na visão do prefeito, “é o que mais afeta psicologicamente um paciente que requer de tratamento árduo, através de drogas, e necessita de muito carinho”.
Segundo o secretário municipal da Saúde, médico Ricardo Lannes Coirolo, a Unidade de Oncologia começou a ser idealizada em 2011, mas só passou a ser efetivada no final de 2016, quando o então candidato Rossano Gonçalves colocou o tratamento do câncer, em São Gabriel, entre as prioridades de governo.
Segundo o Prefeito, o próximo passo agora é conseguir o convênio junto ao SUS. Assim sendo, São Gabriel passará, segundo o Provedor Dotto, a ser referência para outros cinco municípios, quais sejam, Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento, Manuel Viana e Alegrete.


Após o ato de assinatura entre Santa Casa de Caridade de São Gabriel e IPE-Saúde, todos foram convidados a conhecer as dependências da Unidade.



Confira a transmissão do evento feita pelo Coluna Ponto de Vista em 3 partes: