quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Gabrielense é destaque na abertura de Festival Internacional de Música de Câmara

O Gabrielense Estêvan de Oliveira, recentemente graduado como mestre em Processos Criativos em Música, pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO, fez sua estreia em um evento mundial ao participar da VIII Semana Internacional de Música de Câmara que reuniu músicos do Brasil e do mundo, realizada na primeira quinzena de setembro na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.
Selecionado para a noite de abertura, Estêvan de Oliveira representou os compositores da atualidade, no diálogo com os compositores da história como Brahms, Ibert e Barber, emocionando os presentes que lotaram o teatro de Câmara, cujo tema este ano foi “Diálogos, Música do Brasil e do Mundo” e tratou de chamar a atenção para a necessidade de entendimento entre os homens, usando uma linguagem universal, a música e cujo lema “à violência responderemos com música” foi relatada pela colunista da Rede Globo, Mirian Leitão, em sua coluna no portal G1 ao se referir às palavras do Coordenador do evento, Nathanael Carvalho, da empresa Brasil Classical.
Com a composição denominada "Curioso quase tango", Estêvan de Oliveira foi muito aplaudido juntamente com os músicos intérpretes Ms. Daniela Mars, Professora residente na França (flauta), Bel. Josué Felipe (Oboé) e Bel. Carolainne Andrade (fagote).
O Festival internacional de música de Câmara do Rio de Janeiro, em 2019, além de Estêvan (único compositor deste século no evento) apresentou composições mundialmente famosas, interpretadas por consagrados artistas no mundo da música erudita como Yannos Margaziotis, Rosana Lamossa, Peter Pas, Simone Leitão, Oula Al-Saghir, Aare Tammesalu, Chatas Ustuntas, dentre muitos outros, e contou também com jovens músicos como Daniela Mars e Thierry de Lucas.