Uruguaio viaja o continente em defesa da raça de cães Pit Bull

A pedido da vereadora Flávia Batista de Almeida, o plenário da Câmara de Vereadores recebeu, durante a Sessão Ordinária do dia 31 de outubro, a visita do adestrador de cães uruguaio, Martin Sugo, e seu Pit Bull, Haiser. Ambos viajam o continente Sul-americano em busca da conscientização da população sobre a raça de cães Pit Bull. Segundo o adestrador existem pessoas em diversas partes do mundo que defendem a extinção da raça, por acreditar que o animal seja perigoso e de instinto duvidoso. 

O Pit Bull é conhecido por sua força, tamanho e peso avantajados. Acidentes domésticos com ataque desses cães a pessoas já foram registrados, porém tanto a vereadora Flávia quanto Martin defendem que o comportamento de um animal é definido pela forma de criação que ele recebe. 
“Não é a raça que é maligna e sim a maneira que o animal é criado. O Pit Bull, como tomo mundo sabe, criou a imagem de um animal feroz e assassino, sendo que feroz a gente sabe muito bem que é a raça humana”, defendeu a vereador Flávia.
Haiser subiu ao plenário com seu adestrador e se tornou uma atração entre os funcionários do Legislativo. O cão ajudou Martin a passar por um período de depressão, através da terapia animal, quando uma pessoa adota um cão para cuidar e adestrar. Juntos eles já percorreram diversos países do continente em busca da conscientização animal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.