Sucesso na Argentina, Marlon Oliveira chega ao Spotify


Um gabrielense, que atualmente reside em Rosário (Argentina), onde cursa medicina, está se destacando na música, tendo inclusive seu material já tocando no Spotify (serviço de streaming de música mais popular do mundo).
Marlon Oliveira, gabrielense do Bairro Bom Fim, conversou com a reportagem do Coluna Ponto de Vista, diretamente de Rosário, onde contou um pouco da sua história e também falou de seu atual momento. Confira:

O COMEÇO
Desde os 16 anos, o jovem cantava com os amigos na Escola Fernando Abbott, tendo uma raiz do samba na família. Logo cedo, a vontade de tocar e cantar aflorou e depois de muito tocar e brincar com os amigos, Marlon decidiu dar um salto maior.
Em 2014, compôs a sua primeira música "Vem na madrugada". Na época, Marlon promovia festas com a produtora que ele mesmo fundou, a Blackout Party’s, que hoje é a sua produtora na Argentina. Sendo assim, ele promovia e cantava nos seus próprios eventos.
Não demorou muito e, no começo de 2015, sua música já estava nas rádios da cidade e também rolando em rádio webs da região, como Bagé, Vila Nova do Sul, Caçapava, Santa Maria, São Sepé e Rosário do Sul. 
Isso motivou o desejo de Marlon de seguir em frente com a música, mas algo lhe entristecia muito: a falta de oportunidade em sua cidade. 
Então, o jovem resolveu seguir trabalhando em suas composições e no carnaval, onde também construiu seu nome com muito trabalho e respeito, chegando a participar do Carnaval de Bagé, em 2015, sagrando-se vice campeão, pela Escola de Samba Copacabana.
Em São Gabriel, Marlon integrou a harmonia dos Blocos Bambas da Orgia, Milionários do Samba e da Escola de Samba Imperatriz Dona Maria. 
Em ascensão com o seu trabalho, em 2015 e 2016, o jovem esteve presente no aniversário da cidade de São Gabriel, fazendo a abertura do show de Salgadinho, ex-Katinguelê.

O CLIPE
Em 2017, surgiu a oportunidade de lançar o tão sonhado clipe da sua música. O Barzin abriu as portas para o jovem fazer a abertura do show do renomado Mc Thescko. 
Depois daí, seu trabalho ganhou muita repercussão e, as portas se abriram, porém como o trabalho com a música em São Gabriel não era nada rentável, Marlon deixou de lado um dos seus sonhos e dedicou-se a sua carreira como professor de Educação Física.

A BOLSA
Então, foi aí que uma grande oportunidade apareceu na vida de Marlon, com a seleção para uma bolsa para estudar medicina na Argentina. Ele partia agora apenas com objetivo de estudar e trabalhar.

O DESEJO PELA MÚSICA FALOU MAIS ALTO
"Quando cheguei, eu nem pensava em música, não sabia falar quase nada de espanhol", disse.
Entretanto, em fevereiro de 2018, pouco tempo após ter chegado, Marlon foi até a praia com os amigos . E chegando lá, o artista contratado para um evento não chegava e, ao descobrir que um dos organizadores era brasileiro, não pensou duas vezes e disse que cantava no Brasil.
"Quer dar uma palinha até o artista chegar?", foi perguntado e após, pensar duas vezes, disse o sim que mudou a sua vida.
Naquele dia, pela primeira vez, um brasileiro cantava funk na Argentina.
Depois disso, ele não parou mais de cantar e a música, virou o sustento do estudante de medicina na Argentina.

HISTÓRIA NO CARNAVAL ARGENTINO
No ano passado, Marlon deixou seu nome marcado no Carnaval de Rosário, sendo o primeiro brasileiro a participar de uma harmonia de uma escola de samba e, foi o primeiro a sagrar-se campeão do carnaval Rosarino, com a escola Rosário do Samba.

ENTREVISTA NA TV
Em julho do ano passado, o ápice da carreira de Marlon acontecia quando foi chamado para conceder entrevista no maior canal da cidade, o canal 5 de Rosário, onde ele contou sobre sua vida e carreira. 
A audiência foi tanta, que no mês seguinte, ele voltou novamente para comentar sobre seus trabalhos.

O RETORNO AO BRASIL
Em agosto, o agora cantor internacional, fazia seu primeiro tour pelo Brasil, onde participou do carnaval de inverno do Bloco Sucessagem, onde ele é o compositor oficial da entidade. 

A CHEGADA AO SPOTIFY

Neste ano, Marlon Oliveira consolida de vez sua carreira ao chegar ao Spotify com suas canções autorais, sendo uma delas "Vai da samba", recém lançada em parceria com a Banda Improviso, conta também com uma versão da música estourada do Mc Kevinho, "O Grave Bater" (em espanhol).
Marlon agora está trabalhando na gravação do seu segundo clipe, com a música “ Pá y Pum “, que tem a composição de Nan Rodrigues, de Pelotas. 

O gabrielense também é uma das atrações do MedCarna, o maior carnaval para brasileiros em Rosário, organizado pela empresa Salerno, do empresário Helton Andrade e Instituto IABI, de Luiz Boccalato e Lysia Bengochea.
"Agradeço muito ao Anderson Almeida, do Coluna Ponto de Vista pela matéria e também pelo reconhecimento ao meu trabalho. Gostaria muito em breve, de voltar a São Gabriel e fazer um grande show para minha comunidade", finalizou.
Abaixo, você encontra os links para seguir Marlon no Instagram e também para acompanhar o trabalho do gabrielense no Spotify.

Instagram:

Spotify:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.