Comitê Covid-19, prefeito e provedor da Santa Casa anunciam plano de contingência para atendimento a casos de coronavírus

O Prefeito Rossano Gonçalves anunciou um plano de contingência para atendimento a casos de coronavírus em São Gabriel visando a possibilidade do Município vir a receber pacientes de outros municípios.
Serão ofertados 13 leitos de isolamento em uma área nova criada pela administração do Hospital de Santa Casa de Caridade para a internação de pacientes com suspeita de coronavírus. O ambiente está sendo preparado para receber pessoas que necessitam de oxigênio, mas não requerem tratamento com respiradores.
O hospital também vai ofertar cinco leitos de UTI organizados em uma Unidade Intermediária. Estes leitos serão complementares aos 10 já existentes na UTI do Hospital.
A medida, foi anunciada na tarde de segunda-feira (27), no Gabinete do Prefeito.
A prefeitura segue investindo, junto com a administração do Hospital, na infraestrutura da área para atendimento aos pacientes, mesmo sem recursos dos governos estadual e federal.
O secretário da Saúde, Ricardo Coirolo, chama atenção para a desproporção entre as promessas e o que realmente é repassado para os municípios.

SÃO GABRIEL RECEBEU APENAS R$ 292 MIL DA UNIÃO E R$ 938,00 DO ESTADO, SENDO QUE O MUNICÍPIO INVESTIU R$ 800 MIL EM AÇÕES DE COMBATE AO CORONAVÍRUS
Rossano encaminhou cinco ofícios para o governo do Estado, Secretaria da Saúde/RS e Ministério Público alertando para a falta de investimentos. Hoje, São Gabriel tem 10 leitos de UTI (totalmente equipados), estando nove ocupados e uma vaga disponível.
Participaram da reunião, além do prefeito Rossano Gonçalves, o provedor Luiz Carlos Dotto; o diretor técnico do Hospital de Santa Casa, Guilherme Oliveira; a coordenadora do Comitê Covid-19, Kátia Raposo e o secretário da Saúde, Ricardo Coirolo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.