São Gabriel e mais três municípios vão centralizar informações para Covid-19 na região

As Prefeituras que integram a Associação dos Municípios da Fronteira Oeste (AMFRO) vão centralizar em um Grupo de Trabalho os dados das ações de combate a COVID-19 nos 11 municípios da região. Formam a coalizão os municípios de Uruguaiana, Santana do Livramento, Alegrete e São Gabriel, tendo como proponente e líder o prefeito Rossano Gonçalves. A decisão foi anunciada em reunião da Associação, na quarta-feira (24), em Rosário do Sul. O nome de Rossano foi aprovado por unanimidade.
O prefeito de São Gabriel defende a formatação de uma linguagem única para tratar da questão COVID-19 na região, permitindo que a AMFRO possa ter acesso, atualizado, a um banco de dados com números de casos, pacientes em tratamento em UTI, exames realizados e pessoas curadas, levando em conta a semana epidemiológica e ainda os 50 dias anteriores a semana de avaliação para definição de bandeiras de restrição.

FALTA DE CONSCIENTIZAÇÃO É PROBLEMA NAS CIDADES
A AMFRO vai iniciar uma campanha de conscientização regional para situações pontuais: como aglomeração em via pública e uso de mascaras. O prefeito Rossano Gonçalves afirma que o problema é comum nos 11 municípios e é visto como um dos fatores responsáveis pela disseminação do vírus. Em São Gabriel, quatro óbitos com testagem positiva para COVID-10 aconteceram em casa com vítimas acamadas.
Na terça-feira (23), equipes do Setor de Fiscalização e Brigada Militar começaram a orientar a população para o processo começou a ser implantado nesta quinta. 
Agora, toda a pessoa que estiver sem máscara de proteção transitando em via pública ou estiver em algum ambiente, seja público ou privado, está sujeita a multa pela Prefeitura e autuação pela BM. Na prática, o cidadão que não cumprir o determinado nos Decretos Estadual e Municipal, terá que pagar R$ 332,00 (podendo ter seu nome inscrito no SPC) e responderá criminalmente.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.