Animais soltos nas ruas seguem sendo motivo de preocupação

Em fevereiro do ano passado, o Coluna Ponto de Vista trouxe uma matéria relatando a preocupação da comunidade qua
nto a um número expressivo de cavalos soltos na rua e que podem vir a causar acidentes. Na ocasião, o site conversou com o então Secretário de Serviços Urbanos, Paulo Sérgio Barros da Silva (Nenê), que informou a nossa reportagem que, sempre que tem cavalos ou vacas soltos e, quando chamada, a secretaria faz esta prestação de serviços.
Nenê disse ainda que, em caso de apreensão, os proprietários são responsabilizados, multados e assinam um termo de responsabilidade.
Nese ano, vários leitores voltaram a entrar em contato conosco para novamente abordar o tema.
O assunto também foi abordado, recentemente, na Câmara de Vereadores, 
A vereadora Jana França, do PODEMOS, e defensora da causa animal manifestou a sua preocupação com o número expressivo de cavalos soltos.
"Já cobrei do Executivo que o município se organize sobre essa questão, que comecem a recolher esses animais soltos e os levem para o Patronato e que só voltem aos seus proprietários, após os mesmos serem cadastrados com um registro de propriedade. Todo mundo tem cavalo em São Gabriel, mas na hora que acontece isso, ninguém é o dono", disse.
O vereador Renato Gonçalves, do PL, que também é criador de cavalos também falou sobre o assunto e acrescentou que, inclusive, a Inspetoria Veterinária realizou trabalho para a fiscalização do município afim de ter um controle do número de cavalos em nossa cidade. Renato se colocou à disposição para auxiliar nesses casos.
"Temos que fiscalizar e estou à disposição para ajudar no que for preciso", disse o vereador.
A vereadora Jana disse que este trabalho foi feito com animais que desfilam ou participam de rodeios e que são bem cuidados pelos donos, entretanto, para ela, boa parte dos animais que são usados em carroça ou criados em quintal de pátio, não tem esse registro.
"Acredito que cerca de 2 mil cavalos estão soltos e sem registro em nossa cidade. Não temos como saber quem são os donos", destacou a vereadora.
O atual Secretário de Serviços Urbanos, André Focaccia, informou também a sua preocupação com a quantidade de animais soltos e que são "descartados", após serem usados pelos donos.
"Chegamos a enterrar cerca de 2 ou 3 cavalos por semana que são abandonados e ficam por aí, morrendo de fome ou abandonados a própria sorte", ressalta.
André frisa ainda que já existe uma área no Patronato para onde os animais são levados e que o município tem responsabilizado e multado os donos assim que estes vão ao local retirar o animal.
O secretário ainda solicita que as pessoas que verem animais soltos e precisarem utilizar este serviço, podem entrar em contato com a secretaria através do telefone (55) 3232.4845.
"A demanda de nossa secretaria é grande, porém, não deixamos de realizar também esse trabalho, mas precisamos que a comunidade nos contate e informe afim de que possamos atender de melhor forma possível e evitar que acidentes venham a ocorrer", ressaltou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.