Design-sem-nome-1

Luto na cidade: Amigos relembram momentos com José Moacir Rodrigues Siqueira, o "Boca"

Faleceu no final da tarde desta quinta-feira (6) um dos personagens mais populares de São Gabriel. José Moacir Rodrigues Siqueira, conhecido como "Boca", não resistiu à problemas de saúde que vieram a se agravar nas últimas semanas e nos deixou aos 58 anos, na Santa Casa de Caridade.
"Boca", como era conhecido, tanto pelo sorriso permanente como pelo "megafone" natural ou imitando os comerciais de rádios como a Atlântida, pelas ruas da cidade, mesmo com as limitações que tinha. Era uma criança em corpo de adulto, adorado por várias idades.
Foi homenageado pelo Bloco Leão de Ouro no enredo "Atores da Minha Terra", composto por Marcel da COHAB, Dalvan Medina e Ricardo Camargo, no Carnaval de 2013, além de ser lembrado na Semana do Meio-Ambiente da ArtPet, de Edison Noble, em 2018. 
O próprio Marcel, quando chegava o mês de maio, fazia festas de aniversário para o vizinho e que eram prestigiadas pelos amigos e convidados especiais.

"Chamam alguns seres humanos de excepcionais por eles serem além da normalidade, do senso comum. Chamam alguns seres humanos de especiais, por eles serem diferenciados. Chamam alguns seres humanos de loucos, porque o que seria do mundo sem a genialidade dos loucos?... Vai-se com o Boca um pouco da história de São Gabriel através de sua alegria momesca tantas vezes retratada no Bloco da Geni. Cada amigo que temos, nos deixa várias lições em vida, mas é na sua passagem que ele nos deixa a maior de todas as lições: a de que devemos ser felizes e aproveitarmos o máximo cada momento com quem amamos. Valeu, amigo!", escreveu Marcel em suas redes sociais.

O Prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves, também lembrou de "Boca" que frequentemente visitava o chefe do executivo municipal.
"Na tarde de ontem, Dia de Santos Reis, a vida cotidiana da nossa querida São Gabriel perdeu um de seus maiores símbolos. O querido José Moacir Rodrigues, o popular "Boca", que na sua singeleza de adulto especial, sempre encantava a todos com sua humildade, nobreza de espírito e alegria de coração.
O "Boca" tinha esse coração de criança que cresceu demais, e vivia sempre no seu mundo particular como o comunicador de rádio que ele sempre brincava ser, e na verdade da sua brincadeira, comunicava como ninguém. A voz potente sempre tinha um jingle, um jargão, uma palavra de efeito - e claro, o seu sorriso de sempre.
O Boca me privilegiou com sua amizade e seu carinho sincero, daquele tipo de afeição que só os puros de coração são capazes. Às vezes, passava por aqui, e vinha conversar ou comigo, ou com algum dos secretários. Nunca era tempo perdido, porque sua doçura e simpatia alegravam o nosso dia.
Vai com Deus, Boca. Vai ser locutor de jogos espetaculares no céu. Essa São Gabriel que já te homenageou com samba-enredo, com exposição e com todo tipo de homenagem em vida, sentirá tua partida com saudade", escreveu Rossano.

Theo Rocha que, recentemente, perdeu o tio e ex-vereador Caio Rocha, informou que "Boca" terá a companhia do amigo.
'Todos os sábados, eles almoçavam juntos. Eram grandes amigos. Vá com Deus, amigo "Boca". O tio Caio está te esperando com um carreteiro", postou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.