Inserir-um-subt-tulo-18

Estiagem: Prejuízos pela seca já superam meio bilhão

A prolongada estiagem que assola São Gabriel desde o princípio de dezembro do ano passado já acumula prejuízos superiores a meio bilhão de reais na agropecuária do município. Os dados alarmantes são do Escritório Municipal da Emater, que atua em São Gabriel em regime de convênio e parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural.
Segundo o chefe do escritório local da Emater, extensionista Guilherme Coradini, este volume de prejuízos é o maior da série histórica nos últimos vinte anos. “Podemos dizer, sem sombra de dúvida, que estamos diante de uma das piores secas de nossa história, cujo impacto ainda se fará sentir na economia local ao longo dos próximos anos”, ressalta.
A título de comparação, no dia 12 de janeiro, data que o prefeito Rossano Gonçalves decretou Situação de Emergência na Zona Rural, os cálculos apresentavam um prejuízo geral de cerca de R$ 388 milhões, entre culturas agrícolas, gado de leite, ovinos e gado de corte. 
“Num espaço de pouco mais de vinte dias, a seca se agravou e os prejuízos quase que duplicaram”, ressalta.
Segundo o Coordenador Municipal da Defesa Civil e secretário de Segurança e Cidadania, Antonio Vitor Teixeira, o decreto de São Gabriel ainda aguarda homologação do Governo do Estado, e paralelamente já subiu para a Defesa Civil Nacional em Brasília, subordinada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, para análise e reconhecimento. Até o presente momento, nenhum recurso federal ou estadual foi encaminhado para São Gabriel, e a distribuição de água potável às comunidades rurais com escassez hídrica é feita pelo Município em parceria com a empresa São Gabriel Saneamento. 
“A dificuldade e a burocracia concentradas nas esferas de decisão do Estado e da União inviabilizam uma ação mais efetiva, prolongando o sofrimento das comunidades rurais, especialmente dos agricultores familiares, que são os que sofrem as piores perdas e para quem as instituições de crédito oficial criam as piores dificuldades na hora de acessar o seguro agrícola”, ressalta o prefeito municipal.

CONFIRA OS DADOS ATUALIZADOS
Soja - Perda em R$: 504.038.304,00
Milho - Perda em R$: 5.117.952,00
Arroz - Perda em R$: 30.877.440,00
Melancia - Perda em R$: 603.000,00
Leite - Perda em R$: 252.960,00 (últimos 120 dias)
Gado de corte - Perda em R$: 46.427.040,00

PERDA TOTAL: 587.316.696,00
Fonte: Escritório da Emater São Gabriel, levantamento de 4 de fevereiro de 2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.