too-novo-2021new

Alckmin no PSB: "Lutamos por um PSB mais forte", diz Presidente Municipal do partido

A filiação do ex-governador de São Paulo e ex-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin ao PSB para ser, possivelmente, candidato a vice-presidente numa possível chapa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem sido assunto nas rodas de conversa Brasil afora.
O agora ex-tucano, concorreu contra o próprio Lula e, também, contra a ex-presidente Dilma Rousseff e mostrava-se bastante crítico ao PT ao longo dos anos, porém, uma articulação feita pelo pré-candidato ao Governo do Estado de São Paulo, Márcio França, e o Presidente Nacional, Carlos Siqueira, agiilizou a vinda de Alckmin para o PSB, dando assim, andamento ao processo para que o partido fosse protagonista na eleição 2022. A decisão gera divergência dentro do partido, visto que alguns setores entendem que o PSB devesse ter candidatura própria, a exemplo, do que deve ocorrer no Estado, com Beto Albuquerque.
E para falar sobre essa novidade na política nacional, o Coluna Ponto de Vista ouviu o Presidente Municipal do PSB, Jovani Ribeiro Cesar para saber o que pensa o partido no âmbito local.
Com cerca de 366 filiados, o PSB vem se articulando para uma expansão, principalmente, após a "autoreforma" do partido que se reinventou para se transformar numa alternativa real e contemporânea aos desafios do país e às exigências da sociedade.
"Foi aberto um novo olhar para o mundo, saindo daquelas questões da esquerda tradicional, podendo nos inserir em outros cenários, podendo ter relações com blocos de centro e direita, ou seja, que pensam ideologicamente diferente da gente. Um novo diálogo", destacou Jovani que tem como vice João Carlos Bisogno e muitos jovens em sua executiva e que estão se inserindo na política. Cesar frisa que o Presidente Estadual, Mario Bruck, dá muita liberdde para se criar novas alianças, onde no âmbito local, o partido é oposição ao Governo Rossano.
Sobre a vinda de Alckmin e a aliança com Lula, Jovani destaca que no Estado, a prioridade é a candidatura de Beto Albuquerque, visto que muitos presidente não concordam com a aliança com o PT, onde entendem que o partido deveria ocupar espaço, tendo seu candidato.
"Vemos ainda muitos presidentes reticentes com aliança por entender que o PSB tem um projeto para ter seu próprio candidato, porém, lutamos por um PSB mais forte e vamos aguardar o posicionamento da Executiva Estadual, visto que tudo é ainda muito recente", finalizou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.