too-novo-2021new

Mesmo com vacina disponível nos postos, São Gabriel imunizou apenas 39% do público alvo da campanha contra a Influenza

Com um público-alvo composto por 28.962 gabrielenses, a Secretaria Municipal da Saúde, em quase dois meses de campanha contra a Gripe A (Influenza), vacinou pouco mais de 11 mil pessoas. Em termos percentuais, apenas 39% da população estimada para as duas primeira etapas atendeu aos chamados e compareceu aos postos de saúde.
Mesmo com a vacina disponível para crianças de 6 meses a 9 anos sem comorbidades; pessoas de 9 a 54 anos com comorbidades (mediante atestado ou receita) e com imunizantes disponíveis para profissionais de saúde e da segurança pública, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo, professores, grávidas/puérperas e adultos com mais de 55 anos, o baixo índice de vacinação também por faixa de grupos, demonstra que o gabrielense ainda não entendeu a importância da imunização.
Relatório divulgado pela Secretaria, mostra que mais de 17.803 pessoas - com direito imediato a vacina - optaram por não se vacinar até o momento.
Chama atenção a quantidade de crianças que, mesmo com a vacina disponível na maioria dos postos de saúde, ainda não se vacinaram. Na faixa dos 6 meses a 5 anos, com estimativa de 3.573 vacináveis, apenas 1.286 receberam a dose e mais de 2,8 mil ainda não se vacinaram.
O índice é ainda mais baixo entre gestantes, com apenas 14% do público vacinado, e puérperas, com 16%. Os dois grupos reúnem um público estimado de 1.102 pessoas.
A população de idosos, alvo principal da campanha, atingiu a marca de 53%, com 6.483 vacinados num universo de 12.221 adultos acima dos 60 anos. Mas, mesmo este público tem um percentual alto de pessoas que poderiam, mas ainda não se vacinaram; 5.738 seguem sem imunização.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.