too-novo-2021new

Um ano depois: Como está Biel? O "Bugio do Pedroso"

Em 12 de março do ano passado, Biel, o primata “bugio-ruivo”, que estava habitando na área federal conhecida como Balneário do Pedroso, foi removido para um novo habitat, na mata ciliar da Fazenda Boqueirão, na localidade de Faxinal, distrito de Catuçaba.
No começo de fevereiro de 2021, incidentes com banhistas causaram preocupação na comunidade quanto segurança dos usuários do balneário e do próprio animal.
O assunto foi objeto de reunião comandada pelo então vice-prefeito Lucas Menezes, que estava na condição de prefeito em exercício, onde foi deliberado sobre a interdição da área pela prefeitura, com autorização do Incra, visto que o balneário é prolongamento do Assentamento Conquista do Caiboaté. 
Placas foram colocadas no local, em parceria com a ONG Patinhas & Focinhos, orientando a comunidade a se afastar do perímetro de habitat do bugio.
A operação para remover o animal para outra mata mais afastada, foi precedida de parecer de uma bióloga da UFSM, além da participação técnica da veterinária Adriana Pereira, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, e do professor Thiago Gomes dos Santos, da Universidade Federal do Pampa. 

UM ANO DEPOIS
Passado mais de um ano, a biólogo Vanessa Fortes, que faz parte do Projeto Sentinela, de Santa Maria, foi até o local onde ocorreu a soltura do "Bugio do Pedroso", no último dia 14, para fazer o acompanhamento.
Biel está muito bem, saudável e agora, conta com uma companheira 
"Ele está em uma área silvestre onde é respeitado e admirado pelos humanos e até já arrumou uma companheira. Lugar de macaco é na natureza, onde pode desenvolver seu comportamento natural", relatou Vanessa.

Confira o vídeo que mostra o encontro da bióloga com Biel:


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.