too-novo-2021new

Inaugurada Estação de Tratamento de Esgoto em São Gabriel

São Gabriel entrou em uma nova fase histórica nessa quinta-feira, 2, na conquista da sua estrutura de saneamento básico e saúde coletiva, atingindo 60% do esgoto tratado e canalizado, superando em muitos anos as exigências do Marco Regulatório Federal do Saneamento. O símbolo dessa nova etapa é a inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto Vacacaí, na avenida Antônio Mercado, 3001, bairro Menino Jesus. 
O prefeito Lucas Menezes prestigiou a cerimônia, que teve também a presença do Ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel de Oliveira Duarte Ferreira, e do Secretário Nacional de Saneamento, Pedro Ronald Maranhão Braga Borges, representando o Governo Federal. 
Pelo Governo do Estado compareceram o engenheiro agrônomo Ivo Lessa, diretor do Departamento de Recursos Hídricos da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, e a diretora substituta Patrícia Moreira Cardoso, além de prefeitos e autoridades de diversos municípios do Estado.
 
O diretor da São Gabriel Saneamento, Luiz Antônio Bertazzo, ressalta que a nova Estação de Tratamento é resultado de um investimento de R$ 23 milhões, e que as obras da empresa para instalação de 80 quilômetros de novas redes coletoras e de esgotamento sanitário ao longo de dez anos de contrato, somam um investimento total de R$ 60 milhões na economia do município.  
 
“Esta nova estação de tratamento possui capacidade de tratamento de 108 litros por segundo com alto padrão de eficiência, sem geração de odores e baixo custo operacional, com soluções tecnológicas modernas e ambientalmente corretas”, ressalta.
O prefeito Lucas Menezes destacou a importância destes investimentos para que São Gabriel alcance um novo patamar de saneamento básico, sustentabilidade e saúde global. 
 
“Ao atingir 60% de esgoto coletado e tratado, São Gabriel conquista um índice que é três vezes a média de todo o Rio Grande do Sul, onde menos de 25% da população tem acesso a esgoto tratado, e superior à média nacional, que é de 55% dos brasileiros sem acesso a coleta e tratamento de esgoto”, assinala.  “São Gabriel é um exemplo bem-sucedido de que é possível tirar do papel o Marco Regulatório do Saneamento, que o governo Bolsonaro está conseguindo transformar em realidade em todo o Brasil”, destacou o ministro Daniel Ferreira.

E QUANTO AOS BURACOS NAS RUAS?
A grande quantidade de obras de instalação de redes coletoras, muitas delas sem a devida correção asfáltica, é um dos pontos de preocupação da comunidade. A esse respeito, a empresa ressaltou que as últimas redes estão sendo instaladas, e que a partir do dia 20 desse mês começa uma grande operação de repavimentaçao e conserto de todas as vias que sofreram interferência de obras da São Gabriel Saneamento. 
“Compreendemos a insatisfação da população, mas em breve esse transtorno será apenas uma lembrança e o benefício será permanente, com diminuição das doenças e endemias associadas ao esgoto sem tratamento”, assinala o diretor Bertazzo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.