too-novo-2021new

Falta de medicamentos preocupa Administração em Santa Margarida do Sul

Em função de diversos fatores, algumas medicações estão em falta na Unidade Básica de Saúde do município de Santa Margarida do Sul, fato que preocupa a Administração Municipal. Esta é uma realidade no país inteiro, tanto no setor público – farmácias básicas e hospitais, quanto no setor privado.
Além da falta de alguns medicamentos, outros são produzidos em pequena escala, sendo direcionados aos hospitais, não chegando a serem distribuídos nos postos de saúde. A população em geral sofre com esta situação que atinge todas as cidades brasileiras.
A secretária de Saúde, Luciana Barbosa Souto, explica que fatores externos são os principais responsáveis pela situação, como a guerra na Ucrânia e a escassez de insumos para a produção de medicamentos, que são importadas da China, que por consequência da pandemia sofreu impactos na importação. A elevação nos valores dos medicamentos também é uma realidade.
Em busca de soluções, o prefeito Olmiro Ricardo Teixeira e a secretária Luciana estão acompanhando as iniciativas do CONASEMS – Conselho Municipal de Secretarias Municipais de Saúde, que solicitou ações urgentes ao Governo Federal. 
O prefeito Olmiro enfatiza que tem consciência do que está acontecendo e da gravidade da falta de medicamentos essenciais e está fazendo o que está ao alcance do município para melhorar o fornecimento, mas dependem dos Governos Estaduais e Federais.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.