too-novo-2021new

Rossano declara: “Não sou réu e não há corrupção”

Em “live” realizada no final da tarde desta segunda-feira, dia 15, o ex-prefeito de São Gabriel e pré-candidato a deputado federal pelo Partido Liberal, Rossano Gonçalves, prestou esclarecimentos sobre as vinculações feitas a seu nome pela imprensa a respeito da “Operação Varoa”, realizada pela Polícia Federal para apurar as relações do Poder Público com o empresário apícola Aldo Machado dos Santos. 
Em sua manifestação, o pré-candidato ressaltou que não é réu e que nunca teve qualquer tipo de relação imprópria com esse ou qualquer outro empresário. “O empresário em questão presidia uma cooperativa apícola ligada a centenas de outros produtores de mel, e os convênios que buscaram recursos no governo federal tramitaram com absoluta normalidade e obedecendo o devido processo administrativo”, ressaltou. 
“Minha comunidade me conhece, sabe da minha índole. Não houve nem há corrupção no governo de São Gabriel, seja ativa ou passiva, e meu patrimônio é conhecido a cada registro de campanha eleitoral, sem qualquer tipo de enriquecimento ilícito”, salientou.
Desfazendo boatos, o pré-candidato também ressaltou que a candidatura já está devidamente registrada e a campanha planejada para iniciar nessa terça-feira, 16, dentro do prazo estabelecido pela legislação eleitoral. “Abri mão de ser prefeito para me dedicar a um projeto de buscar representatividade para nossa região em Brasília, e o governo está sendo conduzido de forma serena por um jovem competente, dinâmico e honesto que é o prefeito Lucas Menezes”, salientou.  Falando novamente sobre a investigação, fez questão de lembrar que investigação não significa condenação. “A presunção de inocência em uma investigação é uma garantia da Constituição Federal. No passado remoto e mais recentemente, outros políticos de São Gabriel tiveram a Polícia Federal na sua porta, e estas investigações não se revelaram conclusivas. Portanto, é preciso ter muito cuidado com ilações”, destacou, reiterando que será candidato e que já tem advogados tanto para acessar os autos da investigação quanto para processar criminalmente acusações injustas. “Para desespero de alguns, seguimos em frente, e estamos firmes no nosso propósito. A candidatura está registrada e amanhã (terça) a campanha estará na rua. Vamos em frente”, assinalou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.