too-novo-2021new

Furto e Maria da Penha marcam o final de semana da segurança pública em São Gabriel

E o final de semana mais uma vez foi bastante movimentado para a segurança pública em nossa cidade. 
 
Confira as principais ocorrências atendidas pela Brigada Militar:
 
FURTO SIMPLES
No sábado, 3 de setembro, às 12h20min, a guarnição da Brigada Militar foi acionada, via sala de operações, para se deslocar até a Rua Julio de Castilhos, Bairro Centro, para averiguar uma ocorrência na qual um indivíduo estaria detido por seguranças de um supermercado, pois este teria cometido furto no interior do estabelecimento.  
Então, no local, os policiais foram informados que, um  homem de 44 anos, com antecedentes policiais, havia furtado nove barras de chocolate do comércio e, por conseguinte, havia sido detido até a chegada da guarnição. 
Diante do exposto, os policiais apreenderam os objetos furtados e encaminharam o homem ao HPS e posteriormente, à Delegacia de Polícia. Por determinação da autoridade competente, foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

LESÃO CORPORAL – LEI MARIA DA PENHA
Ainda no sábado, por volta das 21h50min, uma guarnição da Brigada Militar foi despachada na rua Gaudino Alves Dias, bairro Boa Vista, para averiguar uma ocorrência de violência doméstica. 
No local, foi feito contato com a vítima, uma mulher de 30 anos, a qual informou ter sido agredida com 2 tapas na cabeça e que o autor havia sido seu companheiro, um homem de 33 anos e que o mesmo estava embriagado. 
Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas para a delegacia para o devido registro. 

AMEAÇA – LEI MARIA DA PENHA
Também no dia 3 de setembro, por volta das 20h, uma guarnição da Brigada Militar foi despachada na rua Duque de Caxias, para averiguar uma ocorrência de violência doméstica. 
No local, foi feito contato com a vítima, uma mulher de 21 anos, a qual comunicou que seu ex-namorado estaria no local lhe perturbando e que estaria lhe ameaçando. 
O suspeito encontrava-se no local e foi conduzido, juntamente com a vítima, até a delegacia para o devido registro.

DESCUMPRIMENTO DE MEDIDA PROTETIVA DE URGÊNCIA
No domingo, 4 de setembro, às 5h, uma guarnição da Brigada Militar foi despachada na rua Cambaizinho para averiguar uma ocorrência de violência doméstica, tendo informado a vítima, uma mulher de 31 anos, que seu ex-companheiro estaria no local tentando entrar a força em sua residência. 
O suspeito não encontrava-se mais no local, pois evadiu-se ao perceber que a vitima havia chamado a Brigada Militar. 
Diante dos fatos, a vítima foi conduzida até a delegacia para o devido registro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.