Inserir-um-subt-tulo-18

Sinal de alerta: Dívidas podem levar ao fechamento do Esporte Clube São Gabriel

O Esporte Clube São Gabriel enfrenta atualmente uma séria ameaça à sua existência devido a dívidas acumuladas que podem resultar no seu fechamento.
Relembrando o ano de 2009, o então São Gabriel Futebol Clube encerrou suas atividades após uma década de altos e baixos, devido a problemas financeiros e uma carga insustentável de dívidas. Após quase cinco anos sem a presença do futebol profissional na cidade, o atual Esporte Clube São Gabriel foi fundado em 2013 e conseguiu subir para a Divisão de Acesso Série-A2 em 2014, onde permanece até os dias de hoje.
No entanto, com a celebração iminente de seu décimo aniversário em 23 de setembro, o clube se vê envolto em uma crise financeira que poderia repetir o trágico capítulo do passado. 
O presidente do Esporte Clube São Gabriel, Max Lara, revelou detalhes preocupantes sobre a situação financeira da equipe em uma coletiva de imprensa realizada na sexta-feira, 1º de setembro, na sede do clube no Estádio Municipal.
Max explicou que a diretoria e os patrocinadores fizeram esforços significativos para permitir que o clube competisse na Divisão de Acesso Série-A2 deste ano, bem como na categoria de base Sub-20. No entanto, as dívidas do passado, em grande parte decorrentes de ações trabalhistas não resolvidas, atrasos e não pagamentos de acordos parcelados, ressurgiram com força neste ano.
Para agravar ainda mais a situação, a Justiça determinou a penhora das receitas de cinco dos sete jogos disputados em casa durante a Divisão de Acesso, resultando na falta de recursos para honrar os compromissos financeiros assumidos pela atual gestão, impactando severamente o planejamento da temporada e gerando mais dívidas.
As dívidas acumuladas, agora atualizadas em cerca de 500 mil reais, lançam uma sombra de incerteza sobre o futuro do clube. Max Lara fez um apelo emotivo à comunidade local, aos torcedores e aos apoiadores do São Gabriel, solicitando união e a busca por alternativas e soluções para evitar o fechamento do clube.
Nos próximos dias de setembro, serão lançadas ações para arrecadar recursos, com o objetivo principal de quitar as dívidas acumuladas nesta temporada, especialmente com os jogadores, além de destravar os recursos financeiros retidos. O dirigente concluiu sua coletiva reforçando que seu mandato chegará ao fim no final do ano, e que, se a situação não melhorar, o clube poderá ser forçado a fechar suas portas e licenciar-se, resultando em um período de pelo menos dois anos sem futebol na cidade.
A situação do Esporte Clube São Gabriel é uma chamada urgente para ação da comunidade e apoiadores, a fim de preservar a longa tradição do clube e evitar um novo capítulo sombrio em sua história.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.