PROCURE UMA NOTÍCIA AQUI:

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Adolescente confessa assassinato de Kauany e alega que motivo foi porque criança não parava de chorar

A Polícia Civil de São Gabriel esclareceu a morte de Kauany Vitória Rodrigues Veloso, de 2 anos. O crime aconteceu na madrugada do último sábado (20), na Vila Santa Clara. Por volta de 6 horas, o corpo da menina foi encontrado próximo as margens de um açude, cerca de 100 metros da casa. 
Segundo necropsia, a morte ocorreu por hemorragia externa associada a asfixia face lesões perfuro-incisas no pescoço da vítima causada por instrumento cortante, ou seja, a vítima recebeu vários golpes de faca na região do pescoço que causaram inclusive rompimento de traqueia e esôfago. Um áudio no whatsapp fala que seria em torno de 10 facadas.

Local onde foi encontrado o corpo da menina
O áudio revela ainda que a criança começou a chorar de madrugada. O responsável pela morte acabou acordando com o choro e indignado, ele começou a agredir a menina. Ele também teria jogado o corpo próximo ao açude. No dia seguinte, ainda sem confessar, ele participou do velório e enterro da menina.
Ao ser confrontado, mediante a apresentação de provas, ele confessou a autoria e esclareceu detalhes. A autoridade policial representou pela internação provisória do autor e aguarda decisão do Poder Judiciário.