Rogério Righi é condenado a 19 anos de prisão

Rogério foi condenado há 19 anos de prisão em regime fechado
Em uma quarta-feira marcada pela tensão foi realizado o julgamento do caso "Paulinha Schultz". Paula Estefani Schultz Lopes Lacerda, 23 anos foi morta em 5 de março de 2018 pelo ex-companheiro Rogério Biscaglia Righi, 34 anos, a facadas. Segundo investigação da Polícia Civil, o militar da reserva teria perseguido Paula por duas quadras. Depois disso, ele teria avançado com o carro para cima dela na calçada, descido e a atacado com golpes de faca.
Cartazes foram colocados durante julgamento nesta quarta-feira
Por volta das 23h45min, a sentença foi anunciada pela juíza e presidente da sessão, Juliana Capiotti. No local, familiares de Rogério e Paula ainda aguardavam, após mais de 14 horas de julgamento e foram informados da condenação de Rogério, a 19 anos de prisão em regime fechado, por motivo torpe e feminicídio.
A defesa, composta pelos advogados Gustavo Segala, Tiago Battaglin e o assistente Bruno Aloy, deverão recorrer da pena.
Tecnologia do Blogger.