Legislativo estima economia superior a R$ 1,3 milhão

O Presidente do Poder Legislativo, Adão Santana apresentou na manhã de segunda-feira, 30, através de coletiva de imprensa, o relatório de gestão e a prestação de contas de 2019, do Poder Legislativo de São Gabriel. 
A economia da Câmara chegou a R$ 1.309,00, também houve redução de 29% nos gastos com diárias. A assessoria de imprensa da câmara detalhou que o valor economizado é referente às reduções orçamentárias e aos créditos não utilizados, em 2019. 
“Nós calculamos a economia da Câmara baseados naquilo que o Legislativo tem direito a utilizar e não utilizou que são os 7% do orçamento municipal”, afirmou o jornalista Felipe Oliveira. 
As reduções orçamentárias chegaram ao valor de R$ 731.000,00 e as sobras do orçamento a R$ 578.000,00, chegando ao total economizado de R$ R$ 1.300.000,00. A execução orçamentária efetiva do parlamento, este ano, foi de R$ 6.871.000,00. 
“É importante ressaltar que este valor não é devolvido de uma vez só aos cofres públicos, essas sobras do duodécimo ficam para a prefeitura gradualmente durante o ano e as demais reduções são realizadas em Lei Orçamentária Anual e através de indicações”, explicou Adão. 

TRADUÇÃO EM LIBRAS 
Uma das ações institucionais de maior destaque desta gestão foi a implantação da tradução das sessões legislativas para a Língua Brasileira de Sinais. “Este ano, procuramos focar em uma administração inclusiva. Implantamos a Libras no nosso sistema de comunicação e solicitamos vagas de estágios para pessoas com necessidades especiais. Sinto-me muito orgulhoso com todas estas conquistas”, afirmou Adão Santana. 

PROXIMIDADE COM A COMUNIDADE 
Durante a coletiva também foram apresentados os resultados da reforma administrativa implantada nesta legislatura como a digitalização de todos os documentos arquivados, o alto desempenho na avaliação do portal transparência e a contratação do sistema de armazenamento de dados em nuvem. 
Assim como as melhorias conquistadas para os funcionários e vereadores como convênio médico e odontológico e a implantação do cartão alimentação, que também acarretou uma economia de dez mil reais ao parlamento. Para a administração da casa esta estabilidade institucional proporcionou uma aproximação efetiva com a comunidade.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.