Ex-secretário de obras diz que usina de asfalto pode sim asfaltar ruas da cidade

No final da tarde desta quarta-feira, 28, o ex-secretário de obras do município e atual vereador Felipe Abib entrou em contato com a redação para expor seu ponto de vista em relação a matéria "Rossano explica porque é necessário contratar empresas de fora, mesmo tendo usina de asfalto em São Gabriel", encaminhada aos órgãos de imprensa na última terça-feira pela assessoria do candidato Rossano, onde constam explicações sobre a necessidade de contratar empresas de fora. Na matéria, Rossano cita que quem adquiriu o equipamento, não planejou grandes obras para São Gabriel. 
Confira abaixo e na íntegra a nota divulgada por Abib:

"Dizer que a usina de asfalto não tem capacidade de produção para asfaltar ruas da cidade chega a doer de tanta ignorância. Seria mais fácil assumirem que querem gastar mais de R$ 1.000.000,00 de frete com caçambas de outro município. Quem não lembra de algumas ruas asfaltadas como a frente do Caic, Rua Maurício Cardoso (perto da Rede Super), a frente do Big, na Júlio de Castilhos, a frente da escola Perpétuo Socorro, Rua Presidente Vargas, Rua Duque de Caxias, próximo a 13 CIA, entre tantas outras. Seria mais fácil dizer que não sabem usar a usina. Agora falar que a usina precisa produzir 100 toneladas por hora é demais, se as ruas estão esperando asfalto há anos. Imagina a produção de 100 toneladas/hora e a cada hora saindo 8 caçambas de Santa Maria até o número de 40 caçambas, pois se leva 5 horas para fazer o trajeto de ida e volta e descarga. Fica a pergunta: se alguém viu isso, dizer que teriam de alugar rolo, se são os mesmos que alugaram um rolo no primeiro mês de governo, fizeram aditivo em 3 meses sem terem usado o mesmo. Ficaria mais bonito dizer que usando a usina não precisaria licitação de empresas de asfalto", disse a nota.

NOTA DA REDAÇÃO:
O espaço está aberto para que o candidato Rossano ou sua assessoria se manifeste sobre a nota de Felipe Abib.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.