Santa Casa disponiliza documentações gratuitas e todos os testes para recém-nascidos

Entre as unidades de saúde mais importantes da Santa Casa está a Maternidade, pois ali diariamente nascem vários bebês que recebem os primeiros cuidados especiais de suas vidas pelas enfermeiras e médicos, assim como, a equipe multidisciplinar da referida unidade desenvolve um trabalho de acolhimento e humanização com os pais do recém-nascido propriamente dito.
 
Até o mês de dezembro passado, a enfermeira responsável pela unidade era a enfermeira Michele Gonçalves de Vale, que no momento, se encontra de licença maternidade sendo que atualmente o referido setor está sob a responsabilidade da enfermeira Caroline Clemente. 
As enfermeiras Michele e Caroline explicam que no momento do nascimento do bebê, o recém-nascido já recebe os primeiros cuidados realizados pelo médico pediatra e também pela equipe da enfermagem, onde é realizada a vacina da hepatite "B", pois a mesma é obrigatoriamente aplicada nas primeiras 12 horas de vida. 
Se durante a internação, a vacina BCG não for realizada no hospital, a mesma é agendada para ser feita na UBS (Posto de Saúde) mais próximo da residência da mamãe para que ela mesma possa levar o bebê para receber a vacina. 
Michele e Caroline destacam que o bebê no momento da alta hospitalar, tem marcada sua primeira consulta com o pediatra no Posto de Saúde de referência, bem como, a mamãe também já sai da Santa Casa com a sua consulta de retorno agendada para o médico obstetra. 
Elas salientam que, em referência a emissão da certidão de Nascimento, que antes da pandemia, era confeccionado dentro da própria maternidade, pois todos os dias às 11hs um servidor do cartório comparecia ao hospital e realizava o devido registro, onde também era feito o cartão do SUS sofreu alterações.
"Agora, desde o início da pandemia foi alterado o protocolo sendo feito da seguinte forma: a equipe de enfermagem mantém contato telefônico com o cartório e realiza o agendamento do horário para que seja efetuado o referido documento e também para que o pai ou mãe do recém-nascido realizem o cartão do SUS no Brandão Júnior. No caso de somente a mãe do bebê resolvar fazer estas documentações, a Santa Casa disponibiliza um veículo para conduzir a mesma ao cartório e posteriormente ao UBS Brandão Júnior", relatam as enfermeiras. 
As enfermeiras frisam ainda que as referidas documentações são necessárias para que o bebê saía do hospital com todos os testes realizados, evitando assim, que a mãe tenha que estar saindo de casa com o recém-nascido para os testes que são obrigatórios no primeiro mês de vida. 
Michele e Caroline ressaltam que logo após o nascimento, o bebê é submetido ao teste do coraçãozinho (24h), teste da linguinha e teste da orelhinha (realizados por uma fonoaudióloga), já o teste do pezinho é agendado entre o 3º e 5º dia de vida do bebê para ser realizado no Posto de Saúde (UBS) mais próximo da residência. 
Elas informam ainda que a partir do final deste mês de janeiro, a Santa Casa também disponibilizará o teste do olhinho, completando assim todos os testes exigidos pelo Ministério da Saúde.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.