Design-sem-nome-1

São Gabriel está com logística pronta para iniciar a vacinação contra o Coronavírus

O prefeito Rossano Gonçalves confirmou, em reunião com a Secretária da Saúde Kátia Raposo, que a vacinação contra o Coronavírus (Covid-19) começará logo após a liberação das primeiras doses de CoronaVac pela 10ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS). Uma reunião em Alegrete, na noite de hoje, definirá a data de início. A Prefeitura já elaborou a logística necessária para o transporte da vacina e o seu armazenamento no Município.
Nessa reunião, o governo municipal espera que seja definida a quantidade de vacinas que serão enviadas pera o Município.
São Gabriel seguirá a normativa da Secretaria Estadual da Saúde (SES) que prevês - num primeiro momento - a vacinação de trabalhadores que atuam na linha de frente contra a Covid-19. Pelo cronograma, serão imunizados profissionais que trabalham na UTI e Leitos Clínicos Covid do Hospital de Santa Casa, servidores do Gripão, Comitê Covid-19, funcionários de Instituições de Longa Permanência para Idosos (asilos) e vacinadores. Posteriormente, serão imunizados os profissionais que atendem nas demais unidades de saúde e em outras enfermarias do Hospital. São Gabriel tem cerca de 1.400 profissionais ligados a Saúde.
Na segunda etapa serão vacinados idosos acamados ou que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos. Depois quilombolas e, na sequência, pessoas com mais de 60 anos, começando por maiores de 75 anos, e conforme a disponibilização de novas doses, serão imunizados, de acordo com a divisão por faixa etária: pessoas com mais 70 anos, entre 65 e 69 anos e idosos com mais de 60 anos.
Com o objetivo de evitar locomoção, a vacinação para idosos será realizada em unidades estratégicas que serão montadas em quadras de escolas com amplo espaço físico e ventilação. São Gabriel tem uma população de mais de 9 mil idosos. Com base nos dados das Unidades Saúde, a Secretaria da Saúde possui a relação atualizada com informações de todos os idosos conforme cada região. "Portanto, não adianta uma pessoa que mora na Santa Clara se deslocar para o Caic, por exemplo. Todos terão acesso a vacina e todas as regiões terão postos de vacinação. Por isso, não adianta fazer correria ou causar aglomerações. Quando a vacina estiver disponível, vamos informar com antecedência para cada região", explica o prefeito.

DIVISÃO
As doses que chegarão para a 10ª CRS, em Alegrete, serão distribuídas aos municípios de acordo com suas populações. Segundo o governo do Estado, o Rio Grande do Sul recebeu mais de 341.800 doses.

NÃO PODEM VACINAR
Não poderão ser vacinadas pessoas com doença aguda febril, menores de 18 anos, gestantes e pacientes com RT-PCR Positivo há menos de 28 dias. Além disso, a pessoa que recebeu outro tipo de vacina do calendário, precisa aguardar um período de 14 dias para ser imunizada.

GRUPOS PRIORITÁRIOS
Segundo o plano nacional de imunização do governo, as prioridades da campanha de vacinação são (nesta ordem):
01. Profissionais em atenção direta COVID-19;
02. Pessoas de 60 anos ou mais acamadas (Programa de Atenção Domiciliar-PAD) e institucionalizados (Instituições de Longa Permanência para Idosos - ILPI);
03. População indígena ou comunidades de região tribal;
04. População quilombola;
05. Idosos (faixas etárias): 75 a 79 anos; 70 a 74 anos; 65 a 69 anos; 60 a 64 anos;
06. Morbidades;
07. Trabalhadores educacionais;

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.