too-novo-2021new

Polícia Civil e Brigada Militar apreendem pássaros silvestres em cativeiro em São Gabriel

Em operação conjunta do Cartório de Crimes Ambientais com apoio da Brigada Ambiental de São Gabriel, cerca de 12 pássaros silvestres foram apreendidos após denúncia anônima que foi confirmada nesta quarta (8). A força-tarefa atendeu a denúncia, que versava sobre criação de pássaros silvestres em cativeiro e possíveis maus tratos a animais.
Segundo a responsável pelo Cartório, Cristiane Seixas Sampaio, foram apreendidas 12 aves silvestres - um coleirinha do brejo, dois coleirinha taquara, quatro pintassilgo, um bico duro, dois azulão, dois cardeal vermelhos. Também foi constatado no local que haviam quatro cachorros, todos atados em corrente curta, sendo um cachorro que estava mais ao fundo do pátio muito magro, foi autorizado pelo suspeito para ser feita a doação deste animal, o qual foi encaminhado para ONG. 
 
 

Os demais, o suspeito se comprometeu em se adequar colocando o chamado "vai-vem" para os animais. Os pássaros apreendidos foram encaminhado para serem avaliados pelo professor Tiago Gomes dos Santos da Unipampa São Gabriel, e após avaliação foram soltos na natureza.
É considerado crime ambiental a criação de pássaros nativos em cativeiro, sem registro e sem anilhas, passível de punições previstas na lei, como multa e detenção. "Quem possui algum pássaro sem a devida licença, pode procurar qualquer órgão de Meio Ambiente e entregar os animais. Esse ato isenta multas e de responder judicialmente por processo criminal", explica Cristiane.
 
A Delegacia de Polícia de São Gabriel, através do Cartório de Crimes Ambientais segue agindo em toda área do município e você também pode realizar denúncias, através do número 3232-6166 e para o whatssap (55) 98442-2799.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.