Motorista de aplicativo é vítima de racismo

Um fato triste aconteceu na manhã desta quarta-feira, 26, próximo a um supermercado.
Um jovem de 24 anos que trabalha há cerca de 1 mês como motorista de aplicativo foi alvo de um ato de racismo enquanto buscava uma cliente no referido local.
Segundo o motorista, ele vinha de uma corrida no Pomares e, devido a demora (esta alegada pela cliente) começou a ouvir insultos dos mais variados.
"Durante o trajeto, ela insinuou que eu teria ganho a carteira do Governo por ser negro, eu teria ganho ela nas cotas. Além disso, a pessoa insinuou que eu teria roubado o carro que tenho (ano 2013), pois onde se viu um negro ter um carro desses", conta o motorista que informou ainda que chegou a tremer durante o trajeto que durou 7 minutos e, segundo ele, foi como uma eternidade. 
"Em nenhum momento faltei com respeito com a pessoa", relata o jovem que, decidiu não registrar boletim de ocorrência, mas que optou por trazer a público o fato de modo a expressar o seu sentimento de tristeza e de indignação.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.